×

WEG é empresa do ano, segundo a Exame

Na 42ª edição de Melhores & Maiores, a revista EXAME elegeu a Weg a Empresa do Ano, enquanto a Klabin foi considerada a Empresa do Agronegócio e também a melhor no setor de Papel e Celulose. O anúncio foi feito no dia 1 de julho de 2015, durante solenidade no Clube Atlético Monte Líbano, que contou com a presença de presidentes das maiores empresas nacionais.  A edição com as Melhores & Maiores de EXAME saiu neste dia 2 de julho nas bancas.

A premiação destacou empresas em 18 setores da economia. Para chegar ao resultado, a Fipecafi (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras da Universidade de São Paulo) considera o resultado econômico das empresas em 2014 e analisa comparativamente o desempenho delas dentro de seu segmento.

A Weg, grande premiada da noite, viu suas ações se valorizarem em 31% e seu valor de mercado chegar na faixa dos R$ 30 bilhões num ano difícil como o de 2014. Uma das maiores fabricantes de motores elétricos do mundo, a empresa nascida em Jaraguá do Sul (SC) atua em 100 países e detém share de 14% do mercado americano.

O presidente da empresa, Harry Schmelzer Jr., ressaltou que a conquista do prêmio foi construída ao longo da história da Weg. “Desde o primeiro dia valorizamos o domínio da tecnologia, a conquista permanente de mercado e o desenvolvimento de pessoas. Estamos avançando continuamente nossa atuação no mercado internacional nossos investimentos em tecnologia, não só em geradores mas também em energias renováveis como a energias eólica e solar.”

Depois da premiação máxima, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, discursou sobre o momento atual vivido pela economia brasileira e demonstrou confiança no sucesso do controle inflacionário já no curto prazo. “Já vemos a melhora da expectativa da inflação do mercado para além de 2015. As medianas da expectativa para os anos entre 2017 e 2019 estão distantes do nível de 4,5% ao ano, convergindo expectativas para o centro da meta. Em 2016, as medianas prevêem queda de 0,8%, a despeito das significativas expectativas da inflação para 2015.”

 

Confira abaixo a lista de­­­­ todas as premiadas

Atacado: Ipiranga

Autoindústria: Randon

Bens de Capital: Weg

Bens de Consumo: Natura

Eletroeletrônico: Whirlpool

Energia: Comerc

Farmacêutico: Roche

Indústria da Construção: Votorantim Cimentos

Indústria Digital: Totvs

Mineração: Samarco

Papel e Celulose: Klabin

Química e Petroquímica: Innova

Serviços: Cielo

Siderurgia e Metalurgia: CBMM

Telecomunicações: Telefônica|Vivo

Têxteis: Hering

Transporte: JSL

Varejo: Lojas Americanas

Empresa do Agronegócio: Klabin

 

Conclusões da pesquisa

O levantamento aferiu que, em 2014, apenas o campo escapou da crise. O lucro conjunto das 400 empresas do agronegócio cresceu 35,5%, alcançando US$ 4,7 bilhões líquidos. Por outro lado, a análise das 500 maiores empresas aponta para uma queda de 34% nos lucros. No entanto, quando a Petrobras é excluída dessa conta, o resultado se inverte: o lucro das demais cresceu 12%. O ano também foi marcado por um recorde negativo: nunca na série histórica da pesquisa nossas maiores empresas estiveram tão endividadas. As dívidas somaram R$ 661 bilhões, valor 9,3% superior ao montante da dívida em 2013.

 

Critérios

A escolha das melhores empresas do ano em 18 setores da economia (atacado, autoindústria, bens de capital, bens de consumo, eletroeletrônico, energia, farmacêutico, indústria da construção, indústria digital, mineração, papel e celulose, química e petroquímica, serviços, siderurgia e metalurgia, telecomunicações, têxteis, transporte, varejo) é orientada pelo sucesso que essas empresas obtiveram na condução de seus negócios e na disputa de mercado com as concorrentes no ano que passou comparativamente ao exercício anterior. O critério para avaliar o sucesso é basicamente uma comparação dos resultados obtidos em termos de crescimento, rentabilidade, saúde financeira, participação de mercado e produtividade do empregado. A metodologia consiste em atribuir pontos pelo desempenho relativo em cada indicador (crescimento em vendas, liderança de mercado, liquidez corrente, rentabilidade de patrimônio e riqueza criada por empregado).

 

EXAME Melhores & Maiores é feito com a avaliação de dados de mais de 3 mil empresas, além dos maiores grupos privados do país. O conjunto compreende todas as demonstrações contábeis cujo prazo final para publicação vai até maio. Também abrangem as companhias limitadas que enviaram seus dados para análise da equipe e responderam questionários.