A Sodexo, líder mundial em serviços de qualidade de vida, está entre as empresas reconhecidas pelo Bloomberg’s 2018 Gender-Equality Index (GEI), que mede a igualdade de gênero no ambiente interno das empresa, políticas  para colaboradores, comprometimento e apoio à comunidade externa, e oferta de produtos conscientes de gênero. A Sodexo é associada da Aberje.

Este primeiro GEI segue o lançamento do Índice de Igualdade de Gênero dos Serviços Financeiros da Bloomberg 2017 (BFGEI), incluindo 52 empresas financeiras, com sede em 17 países e regiões. O GEI de 2018 se expande globalmente para representar 24 países e todos os setores. Em 2017, a Sodexo comprometeu-se a ter 40% de sua liderança senior constituídas por mulheres até 2025. Atualmente, a empresa possui 32% de mulheres em cargos de liderança e seu Conselho de Administração global já está equilibrado.

Andreia Dutra, presidente da Sodexo On-site Brasil e membro do Women’s International Forum for Talent (SWIFT), criado em 2009 pelo então CEO Michel Landel, para acelerar o equilíbrio de gênero dentro da companhia, acredita que a empresa está alcançando os resultados esperados no que diz respeito ao tema. “Na Sodexo On-site Brasil, já contamos com 70% dos colaboradores e 50% do Comitê de Liderança Regional compostos por mulheres. Estamos evoluindo satisfatoriamente, mas não podemos interromper este avanço contínuo”, comenta a presidente.

Já Aline Tieppo, gerente de Comunicação Interna e Diversidade e Inclusão da Sodexo Benefícios e Incentivos acredita que a construção de um ambiente profissional igualitário, diverso e inclusivo produz resultados financeiros e não financeiros nas organizações. « Neste contexto, é imprescindível que as empresas criem meios para promover a equidade de gênero no ambiente de trabalho em todos os níveis hierárquicos e também estruturem programas que ofereçam às mulheres oportunidades e ferramentas que possam melhorar sua qualidade de vida”, explica Tieppo.