×

Sabesp assina convênios com a Prefeitura de São Paulo para conscientização ambiental da população

Rede Aberje

A Sabesp, instituição associada da Aberje, assinou convênio com a Secretaria Municipal de Saúde e a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) para promoverem conjuntamente uma série de ações de conscientização junto às comunidades do município de São Paulo.

Além de encontros e visitas aos moradores, serão realizadas palestras em escolas e postos de saúde com o tema educação sanitária e ambiental.“O que estamos representando com esse acordo é a união para melhorar a qualidade de vida das pessoas e para cuidar das pessoas que vivem nas regiões próximas aos córregos da cidade. Vamos trabalhar juntos para que a questão dos resíduos sólidos, vital para devolver a vida ao Rio Pinheiros, seja equacionada definitivamente”, afirmou o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga.

Inicialmente, já estão sendo planejadas e desenvolvidas atividades nos córregos Zavuvus, Pedreira e Ponte Baixa, onde já teve início o programa Novo Rio Pinheiros.

A parceria da Sabesp com a Secretaria Municipal de Saúde prevê ações que proporcionem o entendimento de que mudanças de hábitos, quando acompanhadas de obras de saneamento ambiental, podem contribuir para melhoria das condições de saúde da população e da vida em comunidade. “Temos seis coordenadorias na Secretaria de Saúde que vão trabalhar juntas com a Sabesp e a Amlurb para enfrentar o despejo de lixo nos córregos de São Paulo. É um dos principais desafios metropolitanos hoje efetuar a despoluição dos rios da Capital”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, que representou no evento o prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

 No caso da parceria com a Amlurb, serão desenvolvidas atividades relacionadas à cultura do descarte adequado de lixo e reciclagem de resíduos, entre elas as operações “cata-bagulho” para combater pontos viciados de descarte irregular de lixo e para a organização da coleta seletiva. Além disso, haverá ações para fomento e organização de cooperativas de catadores buscando reduzir o volume de lixo descartado, com geração de renda. Temas importantes como uso racional da água e formalização da ligação das residências junto às redes de saneamento básico também serão abordados. “A solução de limpar o Rio Pinheiros depende de nós todos. Ao alinharmos as forças, vamos poder conversar com as comunidades que vivem ao lado dos afluentes do Rio Pinheiros e evitar que o lixo chegue a eles. É uma ótima oportunidade para voltar a ver esse rio respirar”, destacou Edson Tomaz Lima, presidente da Amlurb.

 A proposta é unir esforços e programar as ações em parceria, incluindo programas como Novo Rio Pinheiros, Programa Córrego Limpo, Água Legal e Hortas Comunitárias.