×

“Projetos de Vida na Ponta do Lápis”, da Brasilprev, alcança mais de 55 mil pessoas e é considerado

Estudantes universitários ministrando palestras gratuitas sobre educação financeira para escolas públicas e privadas, membros de associações de bairros e outras entidades da capital e do ABC paulista. Este é o Projetos de Vida na Ponta do Lápis, iniciativa social da Brasilprev que já beneficiou mais de 55 mil pessoas desde que foi implantado, em 2010. Ele levou a empresa a figurar, pela primeira vez, entre as selecionadas no Programa Benchmarking Brasil, uma iniciativa da Mais Projetos Socioambiental. Os campeões de 2015 foram divulgados no último dia 2 de julho.

A presente edição – a 13ª – recebeu 58 inscrições de empresas atuantes em diversos segmentos e localizadas em diferentes cidades do Brasil. Destas, 28 foram certificadas como Cases Bechmarking. O programa visa reconhecer, assim como compartilhar, as melhores práticas socioambientais de companhias nacionais.

“O Projetos de Vida na Ponta do Lápis foi concebido em 2010 em parceria com a Trevisan Escola de Negócios. Nasceu para ser uma ação ousada, de larga escala. Hoje, vemos que, sem dúvida, é uma grande entrega da Brasilprev para a sociedade, totalmente alinhada à estratégia de sustentabilidade da companhia, que tem como uma das prioridades fomentar a formação de cultura previdenciária, promovendo a educação financeira. Esse reconhecimento atesta que estamos no caminho certo”, comenta a gerente de Comunicação Corporativa e Responsabilidade Social da Brasilprev, Cinthia Spanó.

Sobre a Brasilprev

Com 21 anos de atuação, a Brasilprev Seguros e Previdência S.A tem como acionistas a BB Seguridade Participações, braço de seguros, capitalização e previdência privada do Banco do Brasil, maior banco do país, e o Principal Financial Group, uma das principais instituições financeiras dos Estados Unidos. A companhia é uma das maiores empresas de previdência complementar aberta no Brasil, com R$ 121,3 bilhões em ativos sob gestão e uma carteira de mais de 1,8 milhão de clientes.

Especializada no setor, com produtos acessíveis e serviços diferenciados, é líder em captação líquida de todo o segmento de previdência privada aberta, com 52,3% de participação. No fechamento de 2014, obteve lucro líquido ajustado, que exclui efeitos considerados extraordinários, de R$ 726,4 milhões.

Sua estratégia de vendas é focada em seu principal canal de comercialização: a rede de agências do Banco do Brasil.