×

Projeto Escola Arteris apoia 850 ações educativas relacionadas à Semana Nacional do Trânsito

Atividades se estendem por todo o mês em 136 escolas públicas acompanhadas pelo projeto e têm como objetivo orientar a sociedade sobre comportamento seguro

A Arteris, companhia do setor de concessões de rodovias do Brasil associada à Aberje, com 3.400 km em operação, programou uma agenda intensa de atividades ao longo do mês de setembro em alusão à Semana Nacional do Trânsito 2018, promovida pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), no período de 18 a 25 de setembro, com o tema “Nós somos o trânsito”.

De acordo com uma pesquisa realizada pela companhia com mil estudantes, entre 12 e 17 anos, 71% deles não recebem orientações na escola sobre trânsito seguro. Por considerar a educação fundamental para a adoção de comportamento mais responsável no trânsito, a companhia, por meio do Projeto Escola Arteris, está apoiando 850 ações realizadas por 136 escolas públicas neste mês com mensagens relacionadas ao tema. São palestras, jogos, gincanas, brincadeiras, teatros, concursos, caminhadas, blitz educativas, entre outras iniciativas para conscientizar sobre o papel de cada um para a segurança de todos.

O Projeto Escola Arteris há 17 anos capacita professores da rede pública de ensino e APAEs em cinco estados – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina – para formar jovens por meio de valores, exercício da cidadania e estímulo do convívio social, fazendo deles embaixadores de um trânsito mais humano e seguro.

“Acreditamos que o jovem é um agente de mudança fundamental e queremos dar ainda mais voz à juventude e conscientizá-la sobre a importância de se assumir responsabilidades perante a sua comunidade por meio de uma postura proativa e consciente”, afirma Maria José Finardi, coordenadora de Sustentabilidade da Arteris.

O material didático que embasa as atividades nas instituições de ensino é desenvolvido pelo Projeto Escola Arteris e traz conteúdos para abordagem com estudantes de várias faixas etárias e diferentes necessidades. O material também é disponibilizado em braile e libras.

O programa já capacitou 17 mil professores para promover a inclusão da segurança no trânsito, cidadania e responsabilidade social à grade curricular dos alunos. “Frutos são gerados em toda comunidade escolar. Educadores, alunos, pais, responsáveis e toda a comunidade são mobilizados e exigem mudanças em suas cidades”, completa Maria José.