O Brasil possui mais de 42 milhões de veículos registrados, sendo 35 milhões de automóveis. Na mais populosa cidade do País, São Paulo, são 72 quilômetros de Metrô para cobrir os 1.521 km² de extensão. De acordo com o IPEA, os trabalhadores de São Paulo e Rio de Janeiro gastam mais horas no trânsito do que em outras 19 metrópoles estrangeiras.

Mas como começar a mudar essa realidade? Em primeiro lugar, é preciso conhecer a forma como a população se locomove. A Segunda Temporada do Laboratório de Comunicação para Mobilidade Aberje, apresentada pela General Motors (GM), traz a pesquisa “Comunicação e mobilidade: perspectivas profissionais e corporativas” para entender melhor esse cenário. O objetivo é identificar o perfil dos participantes e seus hábitos relativos à mobilidade urbana, assim como sistematizar as informações sobre as iniciativas de mobilidade e o papel da comunicação nesse cenário.

A pesquisa terá duas etapas: a primeira já está disponível, e consistirá em um formulário voltado ao público em geral, sobre os hábitos de transporte no dia a dia. Já a segunda tem como alvo os representantes das empresas, para entender quais iniciativas que as companhias estão tomando em relação à mobilidade.

Você já pode participar preenchendo o formulário aqui. As duas partes darão resultado a um relatório, apresentado em novembro.