fbpx
×

Nota de falecimento: Gilberto Dimenstein

Redação Portal Aberje

Gilberto Dimenstein (Reprodução: Catraca Livre)

O escritor e jornalista Gilberto Dimenstein, de 63 anos, morreu hoje, sexta-feira, dia 29. Ele vinha lutando contra um câncer no pâncreas desde 2019.

Fundador do site Catraca Livre, o jornalista trabalhou na Folha de S.Paulo, onde foi diretor, correspondente internacional e colunista por 28 anos; e rádio CBN, como comentarista. Passou por diversos outros veículos, como O Globo, Jornal do Brasil, Correio Braziliense, entre outros.

Nascido em São Paulo, em 28 de agosto de 1956, Dimenstein formou-se em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero. Em sua carreira, ganhou dois Prêmio Esso de jornalismo, Prêmio Jabuti de melhor obra de não-ficção, em 1993, por seu livro “Cidadão de Papel”, além do Prêmio Nacional de Direitos Humanos, em conjunto com Paulo de Evaristo Arns, e o Prêmio Criança e Paz, da Unicef.

Em 2015, participou do evento de comemoração dos 150 anos da BASF, co-organizado com a Aberje. Também escreveu o artigo “Uma guerra a ser vencida” para a Revista Comunicação Empresarial edição 15 (1995).

Deixa sua esposa, a jornalista Anna Penido, e dois filhos, um de 32 anos e o outro de 29.

Gilberto Dimenstein (à esquerda) no evento dos 150 anos da BASF, em 2015