×

Ministra da Agricultura diz que mudança da imagem do setor depende de uma comunicação

Teresa Cristina afirma que é inadmissível que o agronegócio brasileiro seja bombardeado em decorrência da desinformação.

Por Redação Aberje

A ministra da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Teresa Cristina, afirmou durante a solenidade de abertura do Congresso Brasileiro do Agronegócio, realizado pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), no último dia 5, que a mudança de imagem do setor passa pela comunicação.

Segundo ela, o agronegócio brasileiro tem sofrido ataques sem qualquer  base científica por parte de detratores e que este cenário só será mudado através de uma comunicação mais eficaz, que mostre à sociedade o que vem sendo feito pelo setor, seja do ponto de vista ambiental como no aspecto da segurança alimentar.

“É inadmissível que o agronegócio brasileiro seja bombardeado em decorrência da desinformação. Nessa fase de transição pela qual passamos, precisamos estar integrados, precisamos de ações unificadas a favor do agronegócio e do Brasil. Isso passa por uma boa comunicação, com todos falando na mesma direção”, afirmou Teresa Cristina.

A chefe da pasta da Agricultura também apresentou dados que comprovam a sustentabilidade do agronegócio no Brasil. Citando dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), afirmou que 25,6% do território brasileiro está preservado pelos produtores rurais, que utilizam, em média, apenas 50% dos imóveis para produzir e o resto para a preservação da vegetação nativa.

“Cultivamos apenas 7,8% do Brasil, conforme demonstrou estudo da Embrapa, confirmado posteriormente em trabalhos da Nasa. Ninguém é mais sustentável que o Brasil”, completou a ministra.