×

Marca ibis agita universo da música com concurso global inédito

Rede Aberje

Lembra daquele antigo conceito de que você utilizava hotéis apenas para dormir? A marca ibis, que integra o portfólio de marcas da rede Accor – associada da Aberje, está se transformando no mundo todo e trazendo um novo conceito para seus hotéis, com espaços mais dinâmicos, abertos e com muita música, aonde o objetivo é mais do que se hospedar, mas interagir.

Na era da experiência, sentir, vivenciar e se emocionar são mais valorizados do que simplesmente possuir. E, para ouvir o que seu público tinha a dizer sobre isso, a marca ibis realizou uma pesquisa com a consultoria internacional IPSOS em seis países (Brasil, França, Reino Unido, Singapura, Alemanha e Austrália), em que 79% do público entrevistado afirmou que a música é um elemento importante em suas vidas. Além disso, 84% afirmaram que a música é uma forma de estabelecer ligações e compartilhar emoções, enquanto 58% expressaram uma preferência por ouvir música enquanto estão viajando.

 

 

Pensando nisso, a marca também trouxe a música para dentro dos seus hotéis, seja com algumas apresentações ao vivo ou com uma rádio personalizada com conteúdo inspirado nas playlists exclusivas feitas em parceria com o Spotify (clique aqui para ouvir). A #ibisenergy dá aquela ajudinha para acordar com disposição, malhar e não ficar parado, reunindo músicas nacionais e internacionais para diferentes gostos. Se o objetivo é se desligar do mundo, vá de #ibisrelax. A #ibislove estimula a entrar no clima de romance e a #ibiswork a se concentrar para o dia de trabalho. É só escolher qual combina mais com o seu momento e apertar o play!

Seguindo esta linha, outra iniciativa da marca é o ibis Music, um programa global que proporciona experiências de música ao vivo nos hotéis ibis em todo o mundo, e tem parcerias de peso com Sony Music e Spotify. O programa teve início este ano, com um concurso que tem 87 artistas independentes, em 44 shows exclusivos que serão realizados em 17 países. Deste total, nove artistas serão selecionados para uma grande final no festival Sziget 2019 na Hungria. O vencedor será premiado com experiências que podem mudar sua carreira.

No Brasil, o padrinho do projeto é o superstar Lucas Lucco, que já deu start na competição e está apoiando artistas independentes locais para que ganhem o grande prêmio. Os novos talentos de São Paulo que estão sendo mentorados pelo “mozão” da música sertaneja são: Luamarte, que em sua música faz uma combinação de MPB com referências do Pop e do Folk, e o cantor Cris Romagna, que com o seu violão cria canções inspiradas pelos ritmos sulistas, pelo pop, rock e sertanejo dos anos 90.

Já no Rio de Janeiro, a banda Gilsons, que tem influência de MPB, olodum e blocos afros, e Allan Lima, cantor e compositor cujo estilo é mais puxado para o samba, são os artistas que estão recebendo um coaching do sertanejo. Dois pocket shows já foram realizados para dar o pontapé do concurso no Brasil: um em São Paulo, no ibis São Paulo Expo Barra Funda, e outro no Rio de Janeiro, no ibis Rio de Janeiro Copacabana Posto 5.