fbpx
×

Intel investe 50 milhões de dólares em uma iniciativa tecnológica para combater a pandemia do Coronavírus

Rede Aberje

A Intel, empresa associada da Aberje no Brasil, anuncia o lançamento de uma iniciativa tecnológica adicional no valor de 50 milhões de dólares para combater o coronavírus, acelerando o acesso à tecnologia no ponto de atendimento ao paciente, impulsionando a pesquisa científica e garantindo o acesso à educação online de alunos e professores. Os esforços da Intel incluem um fundo de inovação adicional para casos em que o acesso aos conhecimentos e recursos da Intel podem ter impacto imediato.

Trata-se de uma ação complementar à doação de 10 milhões de dólares para auxílio às comunidades locais nesse momento difícil. “O mundo enfrenta um desafio inédito no combate ao COVID-19.  A Intel está comprometida em acelerar o acesso à tecnologia que pode combater a pandemia atual e possibilitar novas descobertas tecnológicas e científicas para deixar a sociedade mais preparada para crises futuras. Esperamos que o compartilhamento de nossos conhecimentos, recursos e tecnologia ajudem a acelerar os trabalhos que estão salvando vidas e ampliando o acesso a serviços críticos no mundo todo durante esse período desafiador”, afirma Bob Swan, CEO da Intel.

Aproximadamente 40 milhões de dólares devem ser investidos nas Iniciativas de Resposta, Prontidão e Aprendizado Online da Intel no combate ao COVID-19. A iniciativa oferece recursos para acelerar os avanços de clientes e parceiros da Intel no diagnóstico, tratamento e desenvolvimento de vacinas, usando tecnologias como inteligência artificial (IA), computação de alto desempenho e entrega de serviços da borda para a nuvem. Por meio da iniciativa, a Intel irá ajudar empresas de cuidados com a saúde e de ciências da vida a aumentarem a disponibilidade de tecnologia e de soluções usadas por hospitais no diagnóstico e tratamento do COVID-19. Outra frente de ação prevê a criação de alianças na indústria para acelerar a capacidade, alcance e políticas globais de resposta a essa e a pandemias futuras, usando a tecnologia da Intel para impulsionar inovações tecnológicas na área da saúde e de ciências da vida.

A Iniciativa de Aprendizado Online da Intel irá apoiar organizações sem fins lucrativos focadas em educação e parceiros de negócios que irão oferecer dispositivos e recursos para aprendizagem online a estudantes sem acesso à tecnologia. Em parceria com diversas escolas públicas nos EUA, a iniciativa irá possibilitar a doação de PCs, recursos virtuais, guias para estudar em casa e assistência na conexão de dispositivos. A Iniciativa de Aprendizado Online da Intel reflete o compromisso de longa data da empresa com o uso da tecnologia para aperfeiçoar o aprendizado.  Inicialmente, as ações irão abranger as regiões mais necessitadas nos EUA e, em seguida, do mundo todo.

A empresa também destinou 10 milhões de dólares para um fundo de inovação que irá apoiar requisitos de parceiros externos e projetos de auxílio liderados por funcionários para atender necessidades críticas em suas comunidades de atuação. Por exemplo:

  • A Intel está trabalhando com o Conselho de Pesquisa Científica e Industrial da Índia e o Instituto Internacional de Tecnologia da Informação em Hyderabad para implantar soluções para clientes e servidores da Intel para o desenvolvimento de testes de COVID-19 e o sequenciamento genômico de coronavírus mais rápidos e baratos a fim de compreender a epidemiologia e os riscos para pacientes com comorbidades usando a estratificação de riscos baseada em IA. A Intel também está colaborando com a Associação Nacional de Empresas de Software e Serviços da Índia na criação de um ecossistema de aplicativos e back-end multicloud para permitir diagnósticos de COVID-19 em larga escala, prever surtos e melhorar o gerenciamento e administração de assistência médica.
  • A plataforma Medical Informatics Corp (MIC) Sickbay™, que usa a tecnologia da Intel, é uma solução capaz de transformar leitos comuns em leitos de UTI em poucos minutos, ajudando a proteger profissionais da saúde e expandindo significativamente a sua capacidade de cuidados. Recentemente, o Houston Methodist Hospital implantou o Sickbay em sua UTI. Dentro de poucas horas, os pacientes com COVID-19 puderem ser monitorados à distância, diminuindo o risco de exposição dos funcionários do hospital. 
  • No Reino Unido, a Intel está trabalhando com a Dyson e a empresa de consultoria médica TTP no fornecimento de FPGAs para o CoVent, um novo ventilador desenvolvido especialmente para atender o pedido de auxílio do governo local. O ventilador ainda precisa ser aprovado pelos órgãos competentes. O projeto prevê a montagem do respirador na cama do paciente.