×

Instituto Renault apoia a modernização do Museu Casa Alfredo Andersen

Em 7 de dezembro de 2018, ocorreu a reabertura oficial do Museu Casa Alfredo Andersen. A Renault, empresa associada da Aberje, por meio do Insitituto Renault, destinou R$ 700 mil em apoio à revitalização e modernização do local.

 

“A revitalização do Museu Casa Alfredo Andersen é motivo de orgulho pela sua importância, especialmente no ano em que comemoramos 20 anos de fábrica no Paraná”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de comunicação da Marca. Localizada na Rua Mateus Leme nº 336, em Curitiba, o local foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Paraná em 1971.

Criado há oito anos, o Instituto Renault tem como objetivo promover ações voltadas à sustentabilidade socioambiental, atuando em dois eixos: Mobilidade Sustentável e inclusão. No eixo Inclusão, são destaques o programa Renault Experience, que busca estimular o empreendedorismo e a inovação por meio do modelo de startups. Criado em 2010, o programa já atingiu 37 mil estudantes. E também a Associação Borda Viva, para promoção do desenvolvimento social, da segurança alimentar para crianças e do empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda. Cerca de 90 mil pessoas já foram atingidas pelas ações da Associação em parceria com o Instituto Renault.

No eixo Mobilidade Sustentável, destaque para o Programa “O Trânsito e Eu”, de educação para segurança no trânsito, presente de forma permanente em oito municípios do país: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo, capital. O programa também desenvolve ações itinerantes em parques, shoppings e eventos. Cerca de 230 mil crianças já foram atingidas pela iniciativa.

No mesmo eixo, a Renault já comercializou cerca de 150 veículos 100% elétricos no Brasil a empresas que possuem projetos relacionados à mobilidade zero emissão. No total, mais de 700 mil pessoas já foram atingidas pelas ações do Instituto Renault. Mais informações em www.institutorenault.com.br.