×

G&A Comunicação é a mais nova associada da Aberje

Que a reputação das empresas entrou no radar das cinco prioridades de CEOs de empresas de todos os portes e de todo e qualquer segmento produtivo da economia, há tempos isto não é novidade. Porém, nesse contexto, a Comunicação Corporativa – que assume novos ares no pós-comunicação digital, ganha cada vez mais relevância na agenda das companhias. Um parceiro de negócios que pensa a comunicação de maneira estratégica para alcançar os objetivos, não é um privilégio; é necessidade. É aí que a G&A Comunicação Corporativa, nova associada da Aberje, se enquadra.

Diz a presidente e sócia da G&A, Lais Guarizzi, com o olhar de quem, há 24 anos, acompanha a evolução da agência: “Em um mundo em mutação pelo qual estamos passando, em que as transformações impactam empresas, seus dirigentes e públicos, a Comunicação Corporativa assume um papel cada vez mais relevante no complexo caminho a seguir rumo ao desenvolvimento sustentável. Engajar, inovar, gerar vínculos, conectar, promover experiências e assim convergir para um propósito que reverbere no ambiente local, regional e global são ações de comunicação envoltas em uma nova roupagem que necessariamente precisam estar de mãos dadas com a estratégia de negócios das corporações”.

 

 

A G&A é dirigida por Laís numa simbiose de pensamentos, visão e valores com a sócia e vice-presidente Heloisa Picos, que ingressou na agência em 1992 e é conhecida e respeitada no mercado por ter foco em performance e atendimento estratégico de alto nível. Em sua trajetória profissional, liderou o atendimento de diversas contas internacionais e coordenou projetos com equipes compostas por profissionais de diferentes países e culturas.

A empresa foi fundada em 1990 por Agostinho Gaspar, considerado um dos ícones da comunicação do Brasil, que, àquela época já vislumbrava a importância de corporações e executivos interagirem com seus públicos com ética e transparência como um diferencial competitivo. O perfil inovador da Gaspar & Associados – primeira denominação da agência – começou com a introdução no mercado de algo que até então não existia no país: o Media Training, hoje popular e indispensável para os executivos que têm no seu job description o papel de serem porta-voz das empresas que representam. Desde então, a agência evoluiu, desenvolvendo serviços de reconhecido diferencial de entrega, por conta de seu perfil intimista e personalizado – uma das marcas registradas da G&A. Desde então, apesar de algumas sondagens e assédios, a decisão estratégia manteve-se: agir com independência, embora ainda hoje estabeleça alianças com parceiros internacionais, a fim de oferecer condições para prestar tal atendimento, dadas as demandas específicas.

 

 

NOVOS DESAFIOS – As atividades desenvolvidas pela G&A vão do relacionamento com a imprensa à gestão da presença digital de marcas e empresas, com relacionamento com influenciadores, microinfluenciadores e nanoinfluenciadores.

Há ainda um braço que ganha cada vez mais relevância e procura: o de treinamentos que vão muito além do tradicional Media Training e que pode ser voltado para um grupo de executivos, assim como para um único profissional. Trata-se de um serviço exclusivo que a agência oferece ao mercado: o Personal Branding, que visa ao desenvolvimento da marca pessoal, porém, com foco na atuação da pessoa enquanto representante de uma organização. A metodologia é própria e não é um serviço de prateleira; é desenvolvido de forma personalizada, alinhada às necessidades pontuais e estratégicas. O intuito é desenvolver competências cada vez mais valorizadas e necessárias no ambiente empresarial, auxiliando o profissional a gerir suas emoções, melhorar a assertividade e a empatia, e ter um bom encadeamento de ideias, só para citar alguns exemplos dos pontos abordados.

Essa nova frente de desenvolvimento de competências de comunicação deu-se pela visão das sócias da G&A com relação aquilo que o mercado atual (e futuro) clama dos líderes. Por essa razão que a presidente da agência, Lais Guarizzi, tornou-se Coach, com certificação pelo International Coaching Institute (ICI), bem como vem se especializando, pois acredita que os princípios do processo de Coaching – não como um modismo, mas balizado em profundos estudos do comportamento humano – pode contribuir para os executivos.

Em sua história, a G&A coleciona muitos cases. Entre os quais, o de posicionamento estratégico de companhias, alguns capitaneando o timing das ações de clientes globais no Brasil e, também, em toda a América Latina. Também já fez a gestão de crises que entraram para os livros dos atuais estudantes de comunicação social e, desde a fundação, já treinou mais de 8 mil executivos, brasileiros e estrangeiros, num total que ultrapassa as 10 mil horas de sessões de Media Training, muitos dos quais voltados à prevenção e gestão de crises – que é outra especialidade da G&A.

Porém, a agência segue inquieta, igual ou tão mais que em seus primeiros dias de fundação.  Por isso, busca e desenvolve métricas e novos métodos de trabalho, com um time de profissionais com diferentes experiências, histórias e gerações. Porque a G&A não só acredita, mas tem o compromisso com a diversidade. Seu mantra para 2019 traduz esse espírito: em plena “jornada para a máxima potência”, pois está em constante engajamento com a excelência e qualidade nas entregas. Isso explica suas sólidas e longevas parcerias.