A Fundação Telefônica Vivo promoveu no final de outubro de 2017 o Dia dos Voluntários Telefônica (DVT), com cerca 5,5 mil colaboradores da Telefônica – empresa associada da Aberje – mobilizados em atividades voluntárias em 53 ONGs de 40 cidades no País.

O número de colaboradores envolvidos é o maior desde o começo da iniciativa, que aconteceu pela primeira vez em 2005 e chega em sua 12º edição em 2017, com cerca de 600 ações acontecendo simultaneamente. “O DVT é um momento muito especial no ano porque é a principal ação do programa de voluntariado da Fundação. O evento gera engajamento dos colaboradores, aproxima a empresa das comunidades e ainda evidencia um propósito maior de fazer a diferença na vida de quem precisa”, explica Americo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo.

O Dia dos Voluntários acontece em 32 países onde há equipes do Grupo Telefónica. Em São Paulo, as atividades acontecem em nove instituições: Marginal Verde – Projeto Pomar (Marginal Pinheiros), EMEF Brasil Japão (Jardim Sarah), EE Prof. Odon Cavalcanti (Ipiranga), Arsenal da Esperança (Brás), Obra Assistencial Nossa Senhora do Ó (Freguesia do Ó), EE Prof. Lourenço Filho (Planalto Paulista), EMEF Doutor José Dias da Silveira (Brooklin), Capivari Monos (Parelheiros) e evento de adoção de animais (Brooklin). Para isso, 2.300 colaboradores estarão envolvidos com trabalhos de estímulo ao uso de tecnologia, oficinas profissionalizantes, recreação, mobilização de recursos, melhoria na qualidade de vida dos beneficiários, revitalização de espaços, entre outros.

Para os colaboradores que preferirem participar por meios digitais, a empresa também promove o Game do Bem, uma plataforma de atividades de voluntariado online e offline, que permite envolvimento de colaboradores e familiares. Trata-se de um jogo interativo, com missões socioambientais baseadas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. As tarefas vão desde compartilhar uma causa nas redes sociais até adotar um animal de estimação. Cada atividade gera uma pontuação para o participante, registrada na plataforma que destaca os melhores colocados.

Nos prédios administrativos da empresa, os voluntários que não puderem participar presencialmente poderão realizar ações digitais, como cadastrar notas fiscais e compartilhar o conteúdo digital da Fundação Telefônica Vivo (ações, projetos e campanhas de financiamento coletivo) nas redes sociais.