Matéria baseada em publicação da Época Negócios.

João Roberto Marinho, vice-presidente do Grupo Globo; Marcelo Castelli, presidente da Fibria; e Frederic Kachar, diretor geral de Mídia Impressa do Grupo Globo (Foto: Ricardo Cardoso/Época Negócios)

João Roberto Marinho, vice-presidente do Grupo Globo; Marcelo Castelli, presidente da Fibria; e Frederic Kachar, diretor geral de Mídia Impressa do Grupo Globo (Foto: Ricardo Cardoso/Época Negócios)

A Fibria foi a grande vencedora da sexta edição do anuário Época NEGÓCIOS 360º. A gigante de papel e celulose foi eleita a Empresa do Ano. A cerimônia de premiação ocorreu na noite desta terça-feira (08/08). A Aberje é parceira oficial da iniciativa.

O guia elegeu as 300 melhores empresas do país a partir de critérios que vão além do desempenho financeiro. Uma análise profunda foi realizada com base também nas práticas de RH, capacidade de inovar, responsabilidade socioambiental, visão de futuro e governança corporativa. O evento ocorreu na Villa Vérico, em São Paulo.

Além de Empresa do Ano, a Fibria também venceu na categoria setorial Papel e Celulose. “O prêmio é um atestado da nossa boa gestão empresarial”, afirmou Marcelo Castelli, presidente da empresa. O executivo discursou para uma plateia formada por executivos das principais companhias do Brasil, tais como os presidentes Candido Bracher, do Itaú Unibanco e João Carlos Brega, da Whirlpool. Entre os políticos, a plateia do prêmio de 2017 contou com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles e o governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin.

Coube à Fundação Dom Cabral, parceira de Época NEGÓCIOS no guia, formular a metodologia, conduzir a pesquisa de campo e processar as informações. Outros parceiros na publicação são a Boa Vista SCPC, responsável pela pesquisa de balanços e processamento dos dados financeiros; a Economatica, fornecedora de dados e rankings de companhias abertas; e a Aberje, na comunicação com as empresas.

No Agronegócio, a vencedora foi a Usina Coruripe. O presidente, Jucelino Sousa, recebeu o troféu entregue por Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje, e Einar Rivero, gerente de Relacionamento Institucional da Economatica

No Agronegócio, a vencedora foi a Usina Coruripe. O presidente, Jucelino Sousa, recebeu o troféu entregue por Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje, e Einar Rivero, gerente de Relacionamento Institucional da Economatica (Foto: Rafael Jota/Editora Globo)

 

Na categoria setorial Água e Saneamento, a Compesa foi a vencedora e seu diretor presidente, Roberto Cavalcanti Tavares, subiu ao palco para receber o prêmio (Foto: Rafael Jota/Editora Globo)

Na categoria setorial Água e Saneamento, a Compesa foi a vencedora e seu diretor presidente, Roberto Cavalcanti Tavares, subiu ao palco para receber o prêmio (Foto: Rafael Jota/Editora Globo)

A ideia do guia é fazer um giro dentro das empresas, levando em consideração suas performances em diversas frentes — não somente no quesito financeiro. O resultado é um ranking com as 300 melhores empresas do país. A abordagem holística faz do Época NEGÓCIOS 360º o anuário de empresas mais completo do Brasil.

Confira as vencedoras por categoria:

Epoca 360 2017_lista

(Fonte: Época Negócios)