As eleições 2018 são tidas como as mais incertas desde a redemocratização do Brasil. A turbulência política observada no país em conjunto com o fato de que grande parte da população não se lembra dos parlamentares em que votou na última eleição alerta para a necessidade de discutir o papel do jornalismo em meio a tantos conflitos. Para debater tal questão a Jornalismo Júnior, empresa gerida por estudantes da Universidade de São Paulo, realizará no dia 11 de agosto o II Encontro Jornalismo Júnior com o tema “Apuração Além das Urnas”.

Entre os tópicos que serão abordados no evento estão: “De que forma retratar a política como ela é, buscando imparcialidade sem servir a certos interesses?”; “Em que medida as redes sociais afetarão as eleições?”; “Será que é preciso acompanhá-las para não se alienar?”, entre outros assuntos relacionados ao tema central. O evento contará com a presença de profissionais de importantes veículos de informação, como o New York Times e a AFP (Agence France Presse).

O encontro acontecerá na Biblioteca Amoroso Lima, em Pinheiros, sendo necessário fazer inscrição prévia e levar um quilo de alimento não perecível que será doado a uma instituição. Como apoiadores do evento estão a Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), a Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), as revistas Carta Capital e Revista Piauí, e a Le Monde Diplomatique Brasil.

Programação

Mesa sobre Redes Sociais (9h até 10h30)

> Diego Iraheta (diretor-chefe do Huffpost Brasil). Formado na Universidade de Brasília com mestrado em Mídias Digitais na Inglaterra, já trabalhou no portal R7, na rádio Bandeirantes, na TV Globo, Correio Braziliense, entre outros.

> Shin Oliva Suzuki. Atual editor de Estratégias do G1, tem conhecimentos sobre o panorama de distribuição de notícias em plataformas digitais.

Mesa sobre América Latina (10h40 até 12h10)

> Tomás Oliveira Paoliello (professor de Relações Internacionais da PUC-SP). Com um amplo histórico de palestras sobre América Latina, o professor será o mediador da mesa.

> João Paulo Charleaux (editor de Política, Economia e Internacional do Jornal Nexo). Repórter com experiência, trabalhou como enviado especial para veículos como Folha de S. Paulo, Estado de São Paulo, O Globo e Rádio França Internacional.

> Fernanda Marques Simas (repórter do Estado de S.Paulo)

> Paula Ramón (repórter da AFP). Jornalista venezuelana, é correspondente da Agence France Presse em São Paulo. Colaborou, entre outros veículos, com a Revista Piauí.

Intervalo para Almoço

Mesa Debates (13h10 até 14h50)

> Fábio Zanini (ex-repórter da Folha de S. Paulo). Formado em jornalismo com mestrado em relações internacionais pela Universidade de Londres, atuou por muitos anos na Folha de S. Paulo. Escreveu o livro Euforia e Fracasso do Brasil Grande, em que retrata a política internacional da era Lula.

> Carol Pires (colunista do New York Times). Colaboradora do célebre periódico na versão espanhola, Carol Pires também é redatora do programa Greg News, na HBO, e foi repórter da Piauí entre 2012 e 2016

> Thaís Oyama (redatora-chefe da Revista Veja). Trabalha na Revista Veja há 19 anos, tendo passagens pelo Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e Marie Claire

Mesa sobre Fact-Checking (15h até 16h30)

(convidados a confirmar)

Serviço

Dia: 11 de Agosto

Horário: das 9h até 16:30 (com pausa para almoço)

Local: Rua Henrique Schaumann, 777 – Pinheiros, São Paulo – SP, 05413-021

Link para Inscrições: https://goo.gl/forms/S5LnBe54QeWIrn2Z2

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/433749613772480