×

Embraco e Senai assinam convênio de R$ 5 milhões para projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação

A Embraco, associada da Aberje, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Departamento Regional de Santa Catarina (Senai/DR-SC) assinaram um acordo de cooperação técnica no valor de R$ 5 milhões com a finalidade de executar projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação.

O acordo tem duração de cinco anos e entra em vigor a partir da assinatura do contrato. “Para a Embraco, esta parceria estratégica é mais um relevante passo dentro da jornada de mais de 4 décadas de inovação da empresa, que busca entregar soluções de refrigeração cada vez mais eficientes, com impacto positivo não somente para nossos clientes, mas para toda a sociedade”, afirma a vice-presidente de Recursos Humanos, Comunicação, Sustentabilidade e Relações Institucionais da Embraco, Ursula Angeli.

Entre os destaques no acordo, estão planejados o desenvolvimento de projetos relacionados à Indústria 4.0 e Internet das Coisas (IoT), o fortalecimento da colaboração com universidades e institutos de pesquisa de Santa Catarina e a criação de espaços para a promoção e estímulo à inovação, incluindo possíveis parcerias com outros atores como startups e estudantes, por exemplo.

O acordo com o Senai soma-se a outros vigentes que a Embraco mantém no Brasil e em outros países com universidades referências em engenharia, como a Universidade Federal de SC (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (BRA), Universidade Regional de Blumenau (BRA), Instituto Senai de Inovação (BRA), Shanghai University (CHI), Illinois University (USA), Timisoara University (Romania), Glasgow University (United Kingdom) e Universidad del Nuevo León (MEX). Somente com a UFSC, a parceria ininterrupta já soma 36 anos.

A companhia conta, na área de Pesquisa & Desenvolvimento global, com cerca de 500 engenheiros e mais de 120 pesquisadores parceiros alocados em universidades. A Embraco também investe de 3% a 4% do faturamento líquido em P&D e está entre as empresas privadas com maior número de patentes depositadas vigentes no Brasil e nos Estados Unidos (1.200).