fbpx
×

Eletropaulo nas Escolas busca uso seguro e eficiente da energia

A Eletropaulo – associado da Aberje – iniciou, com cerca de 300 escolas de São Paulo, São Bernardo do Campo, Barueri e Osasco, a nova edição do projeto Eletropaulo nas Escolas.

No dia 15 de março de 2018, a companhia começou com as formações dos professores que participarão do projeto em 2018. O Eletropaulo nas escolas promove ações educativas buscando formar professores e orientar os alunos, os incentivando nas mudanças nos hábitos de consumo e a manutenção do uso racional da energia elétrica.

A novidade desta edição é a criação de um módulo digital, que tem o objetivo de envolver um número ainda maior de educadores e estudantes para o uso eficiente e seguro da energia elétrica e da água, tanto no ambiente escolar quanto em suas residências. Nesse modelo, o desenvolvimento e o acompanhamento das atividades serão realizados à distância e em escolas que já tenham participado do módulo presencial do projeto.

Neste ano, cerca de 2.100 professores serão capacitados, sendo 600 no modelo presencial e 1.500 no digital. A expectativa é que 200 mil alunos sejam envolvidos diretamente nas atividades do projeto. Tanto as escolas do modelo presencial quanto as do modo digital terão à disposição uma plataforma online que oferecerá material interativo composto por aulas e vídeos, de forma que seja possível orientar os participantes ao longo de toda a jornada do projeto.

A plataforma será responsiva, ou seja, se adequará automaticamente ao dispositivo do usuário (computador, tablet, celular) seja do professor ou do aluno. Os professores poderão contar, também, com uma Central de Relacionamento do projeto.

Desde 2009, o Eletropaulo nas Escolas é realizado com recursos do programa de Eficiência Energética da ANEEL. Em oito anos, já atingiu mais de 1,9 milhão de alunos e professores de 2.600 escolas públicas do estado de São Paulo.