×

Consultoria PWC entrega Prêmio Valoris Mare 2019 à FIEC

A consultoria PwC, associada da Aberje, fez uma seleção dos melhores projetos mundiais de desenvolvimento da economia do mar para serem agraciados com o Prêmio Valoris Mare 2019. O objetivo é reconhecer a excelência de pessoas, empresários, empresas ou entidades que criam valor e geram riqueza no âmbito da Economia do Mar.

O trabalho desenvolvido pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), também associada da Aberje, no âmbito das Rotas Estratégicas Setoriais e do Masterplan de Economia do Mar foi um dos escolhidos para receber a honraria. A entrega aconteceu no último sábado, dia 6/4, no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, em Portugal, e foi feita ao líder do Observatório da Indústria da FIEC, Sampaio Filho, que representou o presidente Beto Studart na ocasião.

A outorga do Prêmio foi justificada pelo presidente dos Prémios Excellens Mare, Miguel Marques, pela FIEC, “de forma pioneira a nível mundial no universo das federações de indústria, ter definido no conjunto das suas estratégias, uma rota estratégica específica para a economia do mar, que visa sinalizar caminhos de construção do futuro, num horizonte temporal até 2025. Para a implementação da rota estratégica da economia do mar foi constituída uma sólida equipa técnica, que já produziu o estudo sócioeconômico que caracteriza a economia do mar do Estado do Ceará e o estudo de tendências que analisa em detalhe a evolução das indústrias do mar. De forma bastante inclusiva, envolvendo a comunidade marítima e todas as entidades relevantes, já começou a implementação no terreno da estratégia pioneira que visa gerar valor através do mar”. Durante o dia 6/4, Sampaio Filho conheceu a incubadora de empresas da Figueira e reuniu-se com diretores da Desporto Náutico Escolar.

 

 

Como parte da programação em Portugal, o representante da FIEC esteve na quinta-feira, dia 4/4, com Rui Pinto, diretor operacional e ex-comandante de navio/veleiro, no terminal de Cruzeiros de Lisboa, considerado o melhor e mais moderno da Europa. Gerido por nove colaboradores e com segurança terceirizada, o equipamento portuário possui design inovador icônico, destacando-se pela segurança e agilidade. Sampaio participou ainda de almoço com Carlos Rodriguez, empreendedor com experiência internacional em construção de portos e indústria naval, com negócios concentrados na ilha da Madeira, mais precisamente na zona franca de exportações, onde sua empresa, a SDM, é responsável pelo registro internacional de navios.

A agenda em terras portuguesas também incluiu visitas à Universidade e à Biblioteca Joanina, em conjunto com os diretores da universidade e com representantes da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional – NOAA (EUA), da Marine Institute (Irlanda) e da Plataforma Oceânica das Ilhas Canárias – PLOCAN (Espanha).