×

Concurso da Sabesp recebe a inscrição de 585 projetos inovadores

O concurso criado pela Sabesp, empresa associada da Aberje, para atrair soluções inovadoras foi  um  sucesso. Foram 585 propostas inscritas no Pitch Sabesp. O desafio mais  concorrido  foi  “Como  facilitar o pagamento pelos clientes”, o que demonstra  o  quanto  existe  espaço  para  inovação  no  saneamento  e no atendimento à população.

Vale destacar  ainda  a  apresentação  de  8 propostas internacionais, de países como Inglaterra, Estados Unidos, Israel, França, Suíça e Austrália; bem como projetos de 19 Unidades da Federação brasileira: Amazonas, Bahia, Ceará,  Distrito  Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O Pitch  Sabesp  é dividido em cinco grandes áreas temáticas: experiência dos  clientes,  redução  de  perdas,  eficiência operacional e energética, tecnologia  para  o  saneamento  e gestão corporativa. Dentro desses temas existem 27 desafios específicos, para os  quais  os  interessados apresentaram suas ideias inovadoras.

A área  que  recebeu  mais  propostas  foi  a  de  “tecnologias  para  o saneamento”,  com  238  projetos  inscritos.  Essas soluções dividem-se em blocos  bastante  diversos: são 98 projetos para abastecimento de água, 92 para  coleta  e  tratamento  de  esgoto,  8 focados em água de reúso, 4 em hidrômetros, 3 em energia e outros 33 divididos em temas variados.

Outra área  bastante procurada foi a de redução de perdas de água, com 98 sugestões  inovadoras.  Essa  é uma das prioridades da Companhia, tanto naprevenção de vazamentos quanto no combate às fraudes e “gatos” nas redes.

O resultado  superou  as  expectativas  e  comprova  o quanto a busca por soluções  inovadoras  é  importante.  A  presidente  da  Companhia,  Karla Bertocco,  apresentou  o  Pitch  Sabesp em evento onde a receptividade foi grande  dos  presentes,  que  também  falaram  de seus projetos inovadores aplicados  em  países  desenvolvidos e em desenvolvimento. Essas conversas devem levar a novas oportunidades de uso da tecnologia no saneamento.

Desde  o  dia  22,  a companhia  está  na  fase de avaliação dos projetos inscritos  no  Pitch  Sabesp.  Para isso, cinco comissões julgadoras estão reunidas e cada uma está responsável por examinar as propostas feitas para os  27  desafios  nas  cinco  grandes  áreas temáticas. Nesta etapa, serão selecionados  até  30  projetos  classificados  como  as melhores soluções inovadoras, levando em consideração os seguintes critérios:

  • Solução  –  aderência  da  solução apresentada com o desafio proposto e atendimento   aos   benefícios   esperados;   inovação,   criatividade   e singularidade da proposta;
  • Maturidade – estágio de desenvolvimento do interessado;
  • Modelo  de  negócio  – viabilidade técnica de implementação da solução, capacidade  de ser implementada em grande escala, modelo de monetização da solução;
  • Equipe  –  experiência  profissional  e  acadêmica e complementariedade técnica do grupo.

A lista de finalistas será divulgada no dia 5 de dezembro no site www.sabesp.com.br/pitchsabesp. Os selecionados vão participar do evento Pitch Sabesp, uma grande cerimônia aberta ao público que será realizada em São  Paulo, no dia 11 do mesmo mês. Na ocasião, a companhia irá apresentar ao  setor  as  inovações  selecionadas.  Ou seja, cada participante terá a oportunidade  de   explicar   a   solução   inscrita   e   responder  aos questionamentos   da  banca  examinadora  multidisciplinar,  composta  por profissionais  especialistas  em  saneamento,  em  tecnologia e inovação e também  nas  diferentes  áreas  do  conhecimento  abordadas  nos  desafios propostos.

Depois  do  evento,  a  companhia  irá  divulgar  os  finalistas.  Esses selecionados terão seus projetos testados na prática dentro da empresa por meio de um termo de cooperação. A realização do Pitch Sabesp conta com o apoio da Associação Brasileira de Engenharia  Sanitária  (Abes),  Associación  Interamericana  de Ingenieria Sanitaria   y   Ambiental   (Aidis),   Instituto   Trata  Brasil  e  Banco Interamericano  de  Desenvolvimento (BID), todas instituições reconhecidas internacionalmente  por  sua  ativa  e  fundamental  atuação  no  setor de saneamento.