fbpx
×

Comunicar para prevenir: LiderCom debate sobre coronavírus

Redação Portal Aberje

Qual a responsabilidade das empresas e como deve ser feita a comunicação para a prevenção diante da crise do coronavírus? Questões como essas foram debatidas durante encontro do LiderCom

Por Aurora Ayres

Orientar colaboradores, cuidar das pessoas, mitigar problemas, planejar agenda e aprender com a situação. Essas são as principais dicas, diante da atual fase da crise do coronavírus (Covid-19). Os tópicos foram analisados por líderes de comunicação empresarial, nesta quarta-feira (dia 11), durante encontro especial do LiderCom promovido pela Aberje. Na ocasião, o secretário-executivo da Secretaria Especial de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo, Eduardo Pugnali, ressaltou que o governo está priorizando ações de comunicação para a prevenção da doença junto à população. 

Eduardo Pugnali e Juliano Nóbrega

Além de seguir as orientações básicas recomendadas pelas autoridades sanitárias para prevenir o coronavírus, sabe-se que o ideal é evitar aglomerações pelo alto risco de contágio. Mas e os contratos com grandes eventos que já foram divulgados? E os hotéis e voos já fechados? Como rescindir um contrato com tantos pontos sensíveis envolvidos? Por enquanto, não há respostas definitivas a essas perguntas, mas é possível pensar em alguns caminhos.

Para o empresário Juliano Nóbrega, CEO da CDN Comunicação, que trouxe algumas dicas para a reunião, o mais importante neste momento é confiar nas autoridades públicas de saúde e nas informações técnicas dos especialistas, antes de tomar qualquer decisão interna (veja dicas no quadro abaixo).

Durante o debate, os comunicadores presentes também refletiram sobre o impacto de um efeito cascata a partir de uma orientação do governo. Caso seja necessário fechar uma universidade pública em São Paulo, por exemplo, o impacto seria monumental. “O poder público brasileiro não quer impor nenhuma mudança de comportamento. Neste momento, não dá para tomar nenhuma decisão categórica”, salienta o secretário. 

Porém, na contramão de todo um trabalho de noticiar o que pode contribuir para que o Brasil não “entre na curva de ascensão do novo vírus”, explodem as fake news. “É impressionante o volume de notícias falsas. Este é um grande problema que enfrentamos, é uma crise de comunicação”, avalia.

Por isso – analisam os líderes de comunicação – a importância da contextualização das informações sobre esse assunto, para que publicações e postagens alarmantes de canais sensacionalistas “não desvie” a atenção para o que é realmente instrutivo. Uma das ideias dadas pelos participantes é chamar a grande mídia para a responsabilidade. “Trata-se de uma questão de saúde pública. O Ministério da Saúde, assim como a Secretaria, está sendo transparente com a imprensa. Vamos precisar de ajuda de vocês para trabalharmos a prevenção através da boa informação”, afirma Pugnali.

Encontro do LiderCom

Dicas para as empresas

1. Orientar …e oferecer condições para que os colaboradores tomem atitudes preventivas com base nas orientações oficiais.

2. Cuidar …das pessoas, verificando se há alguém na empresa com sintomas e/ou familiares, sempre mantendo a privacidade do colaborador.

3. Mitigar….equilibrando as medidas de contenção e, caso necessário, criar condições para o trabalho remoto dos colaboradores preservando a saúde de todos e mantendo, assim, a empresa em operação.

4. Planejar …traçar possíveis cenários futuros e a partir daí analisar a real necessidade de uma viagem, por exemplo, assim como desenhar uma política de home office para os funcionários. 

5. Aprender…toda crise traz ensinamentos e promove mudanças como o aprimoramento da estrutura tecnológica da empresa, visando reuniões remotas mais produtivas.

LiderCom

O LiderCom é um fórum exclusivo de líderes da comunicação corporativa, criado em 2016 pela Aberje, com o objetivo de ser um espaço de diálogo e relacionamento entre os membros para debater os principais temas que afetam as organizações. Uma das pautas permanentes é o relacionamento entre o CCO (Communication Chief Officer) e o CEO das empresas. O grupo já se reuniu com Roberto Setúbal (Itaú), Sérgio Leite (Usiminas), Jerome Cadier (LATAM Airlines), Anke Schmidt (BASF) e Richard Edelman (Edelman).