×

Comunicação pública: o que está sendo feito?

Ministério da Saúde

O Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o novo coronavírus (COE – nCoV), estratégia prevista no Plano Nacional de Resposta às Emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde, desenvolveu um Protocolo de Tratamento que tem como objetivo principal orientar a Rede de Serviços de Atenção à Saúde do SUS para atuação na identificação, notificação e manejo clínico oportuno de casos suspeitos de infecção humana pelo novo coronavírus de modo a mitigar os riscos de transmissão sustentada no território nacional.

O documento foi apresentado em janeiro e está sendo estruturado com base nas ações já existentes para notificação, registro, investigação, manejo e adoção de medidas preventivas, em analogia ao conhecimento acumulado sobre o SARS-CoV, MERS-CoV e 2019-nCoV, que nunca ocorreram no Brasil, além de Planos de Vigilância de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e Síndrome Gripal (SG).

Como toda normatização, este Protocolo está sujeito a ajustes decorrentes da sua utilização prática e das modificações do cenário epidemiológico brasileiro. O documento visa ajustar algumas recomendações ao contexto específico desta emergência atual, com base nas informações disponibilizadas pela OMS diariamente e todo procedimento está suscetível às alterações necessárias.

O documento traz as características gerais sobre a infecção por coronavírus, como agente etiológico, modo de transmissão e sua disseminação na população, período de incubação, período de transmissibilidade dos pacientes infectados, informações sobre suscetibilidade e imunidade, manifestações clínicas, complicações, diagnóstico, atendimento e assistência hospitalar, tratamento, isolamento, medidas de prevenção e de controle e precauções para evitar o contágio.

Até o momento, de acordo com o Protocolo, não há medicamento específico para o tratamento da infecção humana pelo novo coronavírus (2019-nCoV). No entanto, medidas de suporte devem ser implementadas. “No atendimento, deve-se levar em consideração os demais diagnósticos diferenciais pertinentes e o adequado manejo clínico”, ressalta o documento.

Os serviços de saúde devem adotar medidas para garantir que todos os casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo 2019-nCoV ou outra infecção respiratória sigam os procedimentos de higiene respiratória, etiqueta de tosse e higiene das mãos durante o período de permanência na unidade. Para isso podem usufruir de alertas visuais (cartazes, placas, pôsteres) na entrada dos serviços e em locais estratégicos. Veja material completo no PDF: Protocolo de Tratamento do Novo Coronavírus (2019-nCoV)

Mapeamento

O Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o novo coronavírus (COE – nCoV), do Ministério da Saúde divulgou um mapeamento da doença Covid-19 pelo coronavírus, apresentando os casos no Brasil e no mundo de dezembro/2019 até março/2020. O material traz um compilado dos coronavírus que afetaram o ser humano desde 1960 até a chegada do Covid-19, medidas de prevenção, assim como os objetivos da resposta internacional e gestão de emergências nacionais.

O conteúdo também apresenta as características do novo coronavírus, através de estimativas para a infeção pelo Covid-19 em estudos de simulações de janeiro a fevereiro, como estudos clínicos epidemiológicos, além de casos confirmados e de óbitos por faixa etária e região do globo. No Brasil, todos os estados e o distrito Federal enviaram seus planos de contingência para o Ministério da Saúde. Veja material completo no PDF: Covid-MinisterioSaude-Mapeamento.pdf

Outra ação do Ministério da Saúde foi o lançamento do aplicativo Coronavírus-SUS que tem, por objetivo maior, conscientizar a população sobre o Coronavírus (Covid-19). Simples, de fácil interação e autoexplicativo, o app traz notícias atualizadas, informativos sobre os sintomas, formas de prevenção e como proceder em caso de suspeita e infecção; uma avaliação rápida sobre a relação de sintomas relatados com a definição de caso suspeito do vírus, além de um mapa completo com as unidades de saúde.

Links para downloads:

iOS: https://apps.apple.com/br/app/coronav%C3%ADrus-sus/id1408008382

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.datasus.guardioes&hl=pt_BR

Governo do Estado de São Paulo

Assim como o Ministério da Saúde, o Governo do Estado de São Paulo também disponibiliza materiais sobre o novo coronavírus. Elaborado para a população em geral, o Q&A-Coronavírus é um material completo com perguntas e respostas sobre o assunto. De forma didática, o conteúdo explica o que é o novo vírus, como ocorre a transmissão e como se prevenir, o que fazer em caso de apresentar os sintomas, como é feito o diagnóstico.

O material também divulga onde é possível consultar números de casos suspeitos e confirmados em São Paulo, no Brasil e no mundo. Os sites indicados são:

  • saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/
  • www.saude.sp.gov.br
  • Facebook: www.facebook.com/spsaude/
  • Twitter: twitter.com/spsaude_
  • Instagram: www.instagram.com/saude_sp/

Veja material completo no PDF: Perguntas e Respostas Q&A – CORONAVÍRUS Governo do Estado de SP