×

Comitê Aberje de Governança, Ética e Compliance escolhe coordenação e define agenda 2018

O Comitê Aberje de Governança, Ética e Compliance está em plena atividade, já escolheu sua coordenação e fez a escolha temática da agenda 2018. Houve eleição da coordenação do comitê, com aclamação de Marina Foltran Nicolosi, Advogada Especialista em Compliance Legal e Ético da Duratex, como Coordenadora, e Eduardo Pugnali, Gerente de Inteligência de Mercado do SEBRAE São Paulo como Vice-Coordenador, ambos com a missão regulamentar de gerir a pauta e a performance do grupo e o representar junto à Diretoria da Aberje ou públicos externos, sempre que pertinente e requisitado.

Marina é formada em Direito pela Universidade Mackenzie, com LL.M. em Direito dos Contratos pelo Insper. Fez cursos de extensão pela FGV em Finanças para Advogados e Fusões, Aquisições e Reorganizações Societárias, além de Finanças para Profissionais não-Financeiros pela Saint Paul Escola de Negócios. Como profissional, ingressou na Duratex como advogada de Negócios em 2010, responsabilizando-se na sequência por Compliance Legal e Ético.

 

marinanicolosieduardopugnali

 

Pugnali é formado em Jornalismo e com MBA em Marketing pela FGV, atuou como repórter e editor das revistas Automóvel & Requinte e Automóvel 4×4, além trabalhos free lances para a revistas Carro e Quatro Rodas. Em comunicação corporativa, atuou como assessor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, da Grupo Bandeirantes de Rádio e TV e Sun Software. Foi sócio-diretor da Holofote Comunicação cuidando de de clientes como Deca, Hotel Unique, Banco Rendimento, Manpower, Gyotoku e mais 100 clientes. Foi Coordenador de Imprensa da Secretaria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo. Na sequência, assumiu a gerência de Inteligência de Mercado do Sebrae-SP, onde é responsável pelas áreas de comunicação, marketing, endomarketing, redes sociais, internet, eventos e pesquisas da entidade.

TEMAS – As discussões do comitê serão privadas, mas já houve o compromisso dos integrantes de sempre tornar públicas as reflexões na forma de artigos, livros, pesquisas e debates. No levantamento temático realizado no primeiro encontro, o grupo determinou priorizar alguns assuntos, como o debate sobre o espaço dos profissionais de comunicação na tomada de decisão sobre ética e compliance, atuando de maneira estratégica e não como ponta de divulgação, e as opções em qualificação acadêmica e prática para uma atuação relevante, sobremaneira na compreensão da integridade como processo cultural com apoio da alta administração. O estudo atento dos códigos de conduta e da estrutura e formato do reporte de erros no ambiente interno, estimulado com primazia sobre quaisquer instâncias externas de ouvidoria ou recebimento de denúncias, são pontos requisitados para encontros futuros. O foco também recairá sobre a atuação conjunta entre organizações e empresas fornecedoras no campo da comunicação, levando-se como objetivo a responsabilidade ética com a sociedade e com o país. Aqui também será considerado o know-how dos fornecedores para a formatação, ativação e manutenção da comunicação em ética e compliance nas organizações – quem são, como se dá a prestação do serviço, qual o nível de profundidade e o nível mútuo de confiança e a divisão de tarefas entre agência e cliente.

O grupo determinou a criação de um espaço digital de intercâmbios na plataforma Linkedin, já ativo na forma de um grupo fechado, para manter presente e constante a relação e a expressão de opinião dos membros até cada encontro presencial.

MEMBROS FIXOS – O comitê está integrado por Ágatha Camargo Paraventi, Professora da Faculdade Cásper Líbero; Andrea Corso Primon, Coordenadora de Comunicação Corporativa da Porto Seguro; Cibele Leite Fernandes, Diretora de Compliance da Pfizer; Eduardo Pugnali, Gerente de Inteligência de Mercado, Marketing e Comunicação do Sebrae SP; Emad Musleh, Diretor de Corporate Affairs da Novartis; Leticia Paoliello Lindenberg, Diretora de Transformação da Rede Gazeta; Marina Foltran Nicolosi, Advogada Especialista em Compliance Legal e Ético da Duratex; Natalia Marino, Diretora de Compliance para América Latina da Ecolab; Pablo Solano, Coordenador de Comunicação e Marketing da Arteris; Patrícia Ávila, Chief Executive Officer da Burson-Marsteller; Reynaldo Goto, Diretor de Compliance da Siemens; Sandro Rego, Diretor Geral da Fleishmanhillard; Tatiana Maia Lins, Diretora da Makemake e Editora da Revista da Reputação; e Vanessa Motta, Coordenadora de Relações Públicas e Institucionais da Natura. Seguindo o regulamento, todos os membros serão fixos até o mês de dezembro de 2018, salvo manifestação em contrário.

Para entrar na lista de espera de um dos comitês já em andamento, ou para encaminhamento de qualquer dúvida, basta escrever para o e-mail comites@aberje.com.br . A atividade está sendo organizada pela área de Desenvolvimento Associativo da Aberje.