As organizações e os comunicadores têm enfrentado desafios para atender às demandas de programas de conduta ética e compliance, que não estejam finalizados pela simples publicação de regras. Os resultados de comportamento envolvem questões além da informação aos funcionários, e que precisam ser compreendidas para um trabalho efetivo entre áreas transdisciplinares, tornando-se orgânicos no modo de ser de cada um. O Comitê Aberje de Governança, Ética e Compliance, que inicia encontros na manhã de 20 de junho de 2018 em São Paulo,  vai analisar o tema sob o prisma reputacional, refletindo sobre revoluções tecnológicas, pressões sociais e crescente exposição das organizações. Também contemplará discutir a área de Governança Corporativa e seus mecanismos de avaliação e gestão de riscos, criação de políticas, monitoramento e controle.

Comitês são constituídos por um grupo de profissionais nomeados por organizações integrantes da base associativa, que se reunirão com regularidade e calendário predeterminados para discutir, aprofundar ou gerar novos conhecimentos e conteúdos sobre determinado assunto identificado como de interesse.

A nominata de integrantes, cuja inscrição e triagem foram realizadas no mês de maio, é composta por Ágatha Camargo Paraventi, Professora da Faculdade Cásper Líbero; Andrea Corso Primon, Coordenadora de Comunicação Corporativa da Porto Seguro; Cibele Leite Fernandes, Diretora de Compliance da Pfizer; Eduardo Pugnali, Gerente de Inteligência de Mercado, Marketing e Comunicação do Sebrae SP; Emad Musleh, Diretor de Corporate Affairs da Novartis; Leticia Paoliello Lindenberg, Diretora de Transformação da Rede Gazeta; Marina Foltran Nicolosi, Advogada Especialista em Compliance Legal e Ético da Duratex; Natalia Marino, Diretora de Compliance para América Latina da Ecolab; Pablo Solano, Coordenador de Comunicação e Marketing da Arteris; Patrícia Ávila, Chief Executive Officer da Burson-Marsteller; Reynaldo Goto, Diretor de Compliance da Siemens; Sandro Rego, Diretor Geral da Fleishmanhillard; Tatiana Maia Lins, Diretora da Makemake e Editora da Revista da Reputação; e Vanessa Motta, Coordenadora de Relações Públicas e Institucionais da Natura. Seguindo o regulamento, todos os membros serão fixos até o mês de dezembro de 2018, salvo manifestação em contrário.

Entre outras motivações para iniciar este trabalho, está a vontade de identificar e disseminar as boas práticas e os desafios da comunicação empresarial na gestão das ações pautadas sobre a área de comunicação, estimulando, reconhecendo e divulgando iniciativas e promovendo oportunidades de networking e benchmarking. Numa ideia mais tática, também os comitês vão constituir-se em instância de sugestão de pautas para os canais impressos e digitais da Aberje, de produção de ideias para pesquisas do DatAberje e de apoio na curadoria para convite a palestrantes e instrutores de cursos e eventos da entidade e para autores da Aberje Editorial, bem como apoio em briefing para o melhor desempenho destes papeis.

Para entrar na lista de espera de um dos comitês já em andamento, ou para encaminhamento de qualquer dúvida, basta escrever para o e-mail comites@aberje.com.br . A atividade está sendo organizada pela área de Desenvolvimento Associativo da Aberje.