×

Com história real sobre o poder da leitura, Itaú e Itaú Social lançam a campanha 2019 do Leia para uma Criança

Rede Aberje

Distribuindo livros gratuitos e incentivando a leitura na primeira infância há anos no Brasil, o programa “Leia para uma Criança”, promovido pelo Itaú Unibanco, associado da Aberje, e pelo Itaú Social, lança sua campanha 2019 focando no potencial da leitura como agente transformador dos indivíduos, famílias e da sociedade. Em sua nona edição, a iniciativa vai distribuir 3,6 milhões de livros para todo o país, em kits compostos por edições exclusivas de “Leo e a Baleia”, de Benji Davies, e “O Tupi que Você Fala”, de Claudio Fragata. Para saber mais, visite o site www.itau.com.br/leiaparaumacrianca.

Os livros infantis são selecionados por meio de edital – as obras passam por uma curadoria de especialistas em literatura infantil, Organizações da Sociedade Civil (OSCs), secretarias de Educação, Cultura e Assistência Social, bem como voluntários do Itaú Unibanco, adultos e crianças de diversas regiões do país – e as escolhidas são distribuídas gratuitamente. Além do envio para quem fizer o pedido no site, 600 mil kits serão enviados a crianças matriculadas na rede pública de municípios considerados de alta e muito alta vulnerabilidade, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país. Desde a criação do programa, mais de 54 milhões de livros impressos foram distribuídos – incluindo edições em braile e letra expandida. Diferente dos últimos anos, em que histórias fictícias foram contadas na ação de comunicação da campanha, em 2019 pela primeira vez uma história real de superação por meio da educação é apresentada nas telas: a trajetória de perseverança de jovem Thompson Vitor, que passou em 1º lugar no exame do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) em 2015, após ser atraído para os livros pela sua mãe, Rosângela Marinho, que trabalhou por muitos anos como catadora de lixo para fins recicláveis e levava para casa os livros descartados que encontrava. Thompson hoje cursa Química na universidade de Rochester, em Nova York, nos Estados Unidos. “A leitura feita pelo adulto com a criança é um poderoso instrumento para a aproximação da família com a literatura. Além de ser um momento prazeroso, de troca e fortalecimento de vínculos afetivos, incentiva a participação ativa de todos na educação dos filhos desde a primeira infância. O livro funciona como mediador dessa relação, é por meio dele que esse momento tão especial acontece, contribuindo para o desenvolvimento de inúmeras habilidades, do vocabulário ao imaginário e à criatividade. Por isso, dedicamos nossa atenção à seleção criteriosa das obras que compõem a coleção de livros infantis, tanto em relação ao texto quanto às ilustrações”, afirma a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann.