aberje cibecom

Entre os dias 5 e 7 de abril, profissionais de comunicação de 22 países se reuniram no hotel Hilton, no centro de Miami, para debater as principais tendências da comunicação corporativa ibero-americana. O evento, organizado pela Fundacom – Fundação para o fortalecimento da comunicação em espanhol e português no mundo, da qual a Aberje é um dos membros – a Conferência Ibero-Americana de Comunicação Estratégica (CIBECOM) teve como temas  principais a Reputação, Sustentabilidade e Transparência: os pilares do século XXI.

Cada um dos pilares foi trabalhado em mesas redondas e apresentações de profissionais, acadêmicos e personalidades políticas, promovendo debates sobre as tendências da comunicação na região e criando uma rede de comunicadores ibero-americanos, algo inédito em nossa área.

Antes mesmo da abertura do evento, o prefeito da cidade de Miami Tomás Regalado recebeu os representantes da Fundacom para agradecer a escolha da cidade para o evento, sobretudo pelo caráter linguístico e cultural do Cibecom, e reforçou seu apoio ao trabalho da fundação para reforçar a comunicação em espanhol e português.

Durante o evento, ocorreu a entrega dos Prêmios Fundacom, que reconhecem os melhores projetos ibero-americanos em relações públicas e comunicação nas organizações e empresas. Representando o Brasil, a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) venceu a categoria “Infografia e apresentação visual de dados”, com o projeto Árvores Plantadas e seus Múltiplos Usos. Já o Grupo Marista foi o vencedor na categoria “Campanha Interna Nacional”, com o case “Por mais olho no olho”. E Thyssenkrupp Companhia Siderúrgica Atlântico ganhou na categoria “Evento externo para mais de 1000 pessoas” com o projeto #Casamentaço.

No primeiro pilar, discutiu-se a importância da reputação para países e organizações, e o papel da comunicação nessa gestão. “Investir ou trabalhar sobre a reputação de um país pode levar a mais exportações, investimentos e turismo”, destacou Fernando Prado, Managing Partner da Reputation Institute. Já no Pilar de sustentabilidade,

Já no pilar de sustentabilidade, abordou-se o tema do ponto de vista das empresas e das instituições, e a importância da relação com os grupos de interesse através da comunicação para contribuir com uma gestão responsável. “Precisamos criar modelos de negócios que são sustentáveis, mas também inovadores, e reconhecer que necessitamos de uma mudança radical, se queremos realmente transformar para transcender” pontuou Herrera González Diretora corporativa de Responsabilidade Social da CEMEX. Também se discutiu o papel dos profissionais de comunicação nessa área. O brasileiro Paulo Henrique Soares, diretor de comunicação corporativa do IBRAM, discursou sobre a gestão do relacionamento com os grupos de interesse, como comunidades indígenas, governos, ONG, etc.

Paulo henrique soares

Paulo Henrique Soares, diretor de comunicação do IBRAM

No último pilar, o de transparência, Debateu-se que atualmente as empresas estão mais expostas do que nunca, como por exemplo no caso dos “Panama paper”, situação apontada no evento por Marcos Garcia Rey, membro do Consórcio Internacional de Jornalistas investigativos. Já o brasileiro Paulo Marinho, superintendente de Comunicação Corporativa do Itaú Unibanco, apresentou estudos de casos sobre a transparência nos negócios.

Paulo Marinho diretor de Comunicação Corporativa do Itaú,

Paulo Marinho diretor de Comunicação Corporativa do Itaú,

Fundacom é uma organização sem fins lucrativos, composta pelas doze principais associações de comunicadores ibero-americanos, representando mais de 8000 gerentes e profissionais de comunicação. Seu objetivo é impulsionar o trabalho desses profissionais como os principais executivos em gestão de negócios do século XXI nos países que falam espanhol e Português. As associações que integram a fundacom são: Aberje e Conferp (Brasil), APCE (Portugal), Asodircom (República Dominicana), AURP (Uruguai), CICOM e PRORP, (México), CECORP (Colômbia), o CPRP e Círculo Dircoms (Argentina), Focco (Chile) e Dircom (Espanha).