18.06
Quais as principais tendências do Global Retail Trends 2018 da KPMG

A disrupção chegou ao varejo e impactará os negócios globais de forma definitiva. Essa é uma das conclusões da pesquisa Tendências de Varejo 2018 da KPMG. Um novo mundo já é realidade e exige que os líderes do setor compreendam melhor as tendências mais relevantes.

 

tendencias-globalretail

 

Ferramentas, estratégias e tecnologias necessárias para organizações serem bem-sucedidas nesse novo modelo já estão disponíveis. Será necessário que os executivos saibam escolher melhor os recursos e estejam atentos às novas perspectivas para fazer os negócios crescerem. A partir de agora, os varejistas terão que se concentrar cada vez mais na experiência do cliente, no equilíbrio do digital e na inteligência artificial. Além disso, importante que as marcas sejam transparentes, tenha visão multidimensional e implementem modelos inovadores.

Para isso ocorrer, a pesquisa apresenta cinco tendências que vão impactar o setor de consumo e varejo em 2018:

1- A experiência do cliente é mais importante do que nunca, já que os varejistas estão se esforçando para se diferenciarem em um mercado desafiador e sobrecarregado. Consequentemente, a experiência por metro quadrado será a nova métrica para medir o sucesso.

2- A inteligência artificial ganhará mais influência com alguns executivos prevendo que 85% de todas as transações serão baseadas em inteligência artificial até 2020. O ano de 2018 é aquele em que a inteligência artificial deve ser implementada em escala.

3- A ascensão do cliente consciente continuará à medida que os consumidores tomarem decisões de compra com base em muitos fatores além do preço. Esses novos consumidores, inspirados pelos millennials, estão exercendo influência sobre os varejistas e forçando-os a agir.

4- O mundo do varejo prometido continuará a impactar o caminho para a compra. Chegamos ao cruzamento das expectativas elevadas do consumidor e das possibilidades técnicas das organizações.

5- Uma narrativa de dois hemisférios está sendo praticada enquanto fornecedores de plataformas e varejistas não tradicionais expandem alcance e ofertas. A justaposição do Ocidente com o Oriente dominará o horizonte do varejo, com a segunda em muitos casos se movendo mais rápido que a primeira.

 

Acesse em PDF (inglês): https://assets.kpmg.com/content/dam/kpmg/xx/pdf/2018/03/global-retail-trends-2018.pdf


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.