28.04
Não esqueça da memória em meio à pandemia

O trocadilho do título é infame. Mas acho que vale a pena lembrá-los da importância de já começar a pensar em como a sua instituição se comunicará com os públicos de interesse e interessados pós-pandemia de coronavírus.

Como a sua empresa se comportou durante a pandemia? Que ações foram desenvolvidas pelo bem comum? Que ações foram tomadas para a manutenção dos negócios? Que ações foram realizadas para minimizar os impactos negativos do período de isolamento? Houve algum ganho neste período?

Todas as perguntas abaixo devem já estar entre as preocupações dos comunicadores estratégicos neste momento. Porque a crise vai passar. E a Comunicação Estratégica nunca foi tão importante para manter as instituições competitivas e operantes, como tratamos na edição 10 da Revista da Reputação que está no ar.

Com estas perguntas em mente, projetos de memória corporativa para o momento de pandemia caem super bem e quanto antes a coleta de informações começar, mais fácil será a execução pós-crise. Tais projetos devem ser planejados sem sensacionalismo ou oportunismo, porém sem perder a oportunidade de contar as histórias da instituição e engajar seus públicos.

Mãos à obra. E querendo trocar uma ideia, estou à disposição.

Deixo também como dica sobre Memória Corporativa o novíssimo episódio 6 do podcast FalAção, da Aberje, em que o professor Paulo Nassar reflete sobre o tema e fala até sobre a deusa da memória, esta da foto. Para ouví-lo, clique aqui.

Mnemosine, deusa da memória


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.