12.10
Erros comuns, mas imperdoáveis: a diferença entre Todo e Todo o

Em análise sobre a PEC do teto de gastos na Folha de S. Paulo de hoje (12/10/2016), a jornalista afirmou que “isso acontece em todo mundo”. No entanto, o que ela deveria ter dito é que “isso acontece em todo o mundo”.

todo

A diferença entre “todo mundo” e “todo o mundo” parece pequena: apenas um artigo definido “o” a mais ou a menos. Mas o significado se altera, como deve saber todo profissional (e não “todo o profissional”) que tem na escrita o seu ganha-pão.

Todo ou Toda, sozinhos, têm significado similar a “qualquer”. Todo o ou Toda a equivalem a inteiro ou inteira.

Por exemplo, na canção Cotidiano, Chico Buarque escreveu “Todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode às seis horas da manhã…”, querendo dizer que ela faz o mesmo todos os dias ou qualquer dia.

Caso Chico tivesse usado “Todo o dia ela faz tudo sempre igual”, o significado seria outro: o dia inteiro (ou o dia todo) ela faz tudo sempre igual.

Para deixar ainda mais clara a diferença, acrescento uma pergunta que utilizei diversas vezes em cursos e que, provocando risos, ajudava os alunos a entender: qual é a diferença entre “beijar toda colega” e “beijar toda a colega”?


Os artigos aqui apresentados não necessariamente refletem a opinião da Aberje e seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade do autor.