×

Algar Telecom volta à base associativa da Aberje

Rede Aberje

A Algar Telecom é a empresa do grupo Algar que atua no setor de TI (Tecnologia da Informação) e Telecom há mais de 60 anos. O negócio começou em 1954, com a oferta de telefonia fixa em Minas Gerais, e hoje a companhia oferece soluções completas de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) para 16 Estados do Brasil, incluindo serviços de internet, celular, TV por assinatura, voz, dados, TI e Infra, outsourcing, vídeo e mídia de consulta para clientes corporativos e do varejo. A empresa retorna à base associativa da Aberje.

Possui um amplo portfólio com soluções de telecomunicações e tecnologia para atender clientes corporativos (B2B) e do varejo (B2C). A Companhia oferece acesso à internet com ultravelocidade, celular de qualidade, TV por assinatura com programação especial, serviços de voz, dados, internet, TI e Infra, outsourcing, vídeo e mídia de consulta.

Com 65 anos de mercado, possui uma moderna infraestrutura, suportada por uma rede de mais de 65 mil km de fibra ótica que serve, atualmente, mais de 350 cidades, em dezesseis Estados do Brasil e no Distrito Federal. Ao longo de 2018, um dos grandes investimentos da companhia foi a ampliação de sua operação em locais onde já atuava e nos Estados da região Nordeste e o Espírito Santo. Para todas essas novas áreas, a Algar Telecom investe em um atendimento personalizado, consultivo e eficaz para entregar cada vez mais qualidade aos clientes.

Companhia aberta, não listada em bolsa desde 2007, a Algar Telecom se compromete com as melhores práticas de governança corporativa. São mais de 4 mil associados – como são chamados os colaboradores da empresa -, comprometidos em manter um relacionamento próximo com seus clientes e alta qualidade na prestação de serviços, com práticas sustentáveis e inovadoras.

COMUNICAÇÃO – A comunicação está estruturada dentro da diretoria de Marketing da empresa e reúne todas as competências relacionadas: endomarketing, publicidade, propaganda, PR e digital. Os principais projetos da área têm girado em torno, cada vez mais, de tornar a comunicação mais digital e focada em resultados por meio da análise e estruturação de dados. Isso sem deixar de lado, é claro, seu importante papel aspiracional – já que é por meio dele que se materializam o propósito, os princípios e valores da marca.

Para Cristiana Heluy, Assessora de Comunicação, Marca e Sustentabilidade da Algar Telecom, “a comunicação corporativa é uma ferramenta indispensável para apoiar as organizações no alcance de seus objetivos estratégicos, sendo a responsável por dar transparência aos stakeholders e zelar pela reputação. Esse papel sempre a pertenceu, porém, o que vejo de diferente na atual conjuntura é que a comunicação deixou de ser algo “de cima para baixo” e se tornou absolutamente colaborativa”. Ela pondera que, na era da comunicação em rede, em que todos os associados são produtores de conteúdo e disseminam informações sobre a companhia de diversas maneiras, a área de comunicação tem se posicionado de modo cada vez mais estratégico – “não sendo vista mais como aquela que produz conteúdo e ganhando o status de uma grande orquestradora dessas vozes – função indispensável para que as mensagens da organização sejam transmitidas a seus públicos da melhor maneira possível”.