Busca avançada       188 comunicadores online          |          linguagem EN ES PT IT          |  cadastre-se    
Curso Internacional

Apoio:

Itaú

Vale

Bayer

CPFL

BASF

Apoio Odebrecht

CCFB

HOME >> ACERVO ONLINE >> CMR >> CONCEITOS
CONCEITOS DE COMUNICAÇÃO
BLOGS CORPORATIVOS - Objetivam a agilização e o diálogo com públicos estratégicos de forma bastante segmentada e diferenciada, num contexto de comunicação informal.

BOLETIM INSTITUCIONAL - Publicação com conteúdo essencialmente específico e dirigido a um ou mais elementos componentes do Público Externo (clientes, consumidores, fornecedores, comunidade, distribuidores, revendedores, imprensa, governo, universidades, associações de classes, entre outros) e/ou Público Interno (empregados e familiares e empregados de empresas terceirizadas que prestem serviços em caráter permanente).

CAMPANHAS DE E-MAIL MARKETING - Funcionam como uma ferramenta paralela às páginas web (são veiculadas por meio do sistema de correio eletrônico) e são utilizadas para disseminação de mensagens rápidas e pontuais como: mensagens de última hora, distribuição de newsletters, confirmação de relacionamento, campanhas promocionais;

CAMPANHAS DE MARKETING VIRAL - Planejadas para uma disseminação exponencial das mensagens a partir de um conjunto de multiplicadores selecionados que utilizam o ambiente digital para promover um “boca-a-boca” virtual. Objetivam o estabelecimento de relacionamentos exclusivamente no ambiente digital para formação de banco de dados, comunidades de relacionamentos e interesses, lançamento de produtos e serviços, sensibilização coletiva, etc.

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL - “a comunicação organizacional se mostra como um campo de conhecimento, cada dia mais abrangente, que tem uma forte intersecção entre o objeto de estudo da teoria das organizações, as organizações em geral e a teoria da comunicação humana. Neste contexto, a comunicação organizacional é um metassistema social e tecnológico – que tem como objeto de estudo os processos comunicacionais, no âmbito das empresas e das instituições, suas redes de relacionamento e sociedade – definido dinamicamente a partir de suas inter-relações com os conhecimentos e as práticas das Ciências Sociais, das Ciências Humanas, das Ciências Exatas e das Ciências Biológicas.”¹

DIVERSIDADE EM COMUNICAÇÃO - a matéria-prima da comunicação é a diversidade cultural. A união de profissionais de origens e experiências distintas está na base do diálogo construtivo de toda iniciativa nesse campo estratégico de uma sociedade democrática que se proponha a ser coerente e produzir resultados que favoreçam o bem comum.

FLUXO BIDIRECIONAL - Permite a interatividade entre os usuários da rede, estabelecendo um diálogo entre as partes conectadas; o diálogo pode ocorrer em tempo real ou em tempo assíncrono, sem prejudicar o conteúdo ou a atualidade da comunicação.

HOT SITES - Conjunto de páginas web temporárias (são retiradas da rede após a consecução dos objetivos de comunicação) destinadas a ações de comunicação e marketing pontuais, como promoções e votações, lançamento de produtos, canal de cadastramento e atualização de bancos de dados, lançamento de produtos e/ou serviços etc.

INDICADORES DE AVALIAÇÃO EM AMBIENTE DIGITAL - Os indicadores de avaliação são categorizados em dois conjuntos de informações: o conjunto quantitativo refere-se ao número de acessos, visitantes únicos e interações realizadas no ambiente e mensuradas por sistemas de auditoria digital; o conjunto qualitativo refere-se à análise de conteúdo existente nos canais de comunicação com os usuários, como por exemplo, conteúdo de e-mails, enquetes de sugestões e pesquisas qualitativas feitas com o público, entre outras.

INTERNET - Conjunto de páginas da web cuja concepção, agregação e conteúdo objetivam a existência em ambiente digital de sistemas comunicacionais voltados para o relacionamento, disseminação de mensagens e realização de transações com os diferentes públicos externos da organização.

INTRANET - Conjunto de páginas da web cuja concepção, agregação e conteúdo objetivam a existência em ambiente digital de um sistema comunicacional voltado para o relacionamento, disseminação de mensagens e realização de atividades operacionais com o público interno da organização. Este conjunto deverá estar organizado de forma coerente e clara, para que o público-alvo possa identificar o sistema independentemente dos procedimentos e localização do ponto de acesso.

JORNAL INSTITUCIONAL - Publicação com conteúdos informativos, interpretativos, opinativos e de entretenimento, dirigida a um ou mais elementos componentes do Público Externo (clientes, consumidores, fornecedores, comunidade, distribuidores, revendedores, imprensa, governo, universidades, associações de classes, entre outros) e/ou Público Interno (empregados e familiares e empregados de empresas terceirizadas que prestem serviços em caráter permanente).

JORNAL MURAL - Veículo de informação corporativo dirigido ao público interno da empresa, enfoque sobre temas como negócios da empresa, recursos humanos, segurança, saúde, meio ambiente, responsabilidade social, lazer/ cultura, entre outros.

MEMÓRIA EMPRESARIAL - "É o conjunto de sensações, lembranças e experiências, tanto boas como ruins, que as pessoas guardam de sua relação com a empresa"²

MMS (multimedia messaging service) - Refere-se ao sistema de distribuição de mensagens de imagem e áudio por meio de redes de comunicação sem fio.

MOVEHOLDERS - “O novo social é formado por moveholders as partes interessadas que se agrupam em redes sociais, blogs, flash mobs, entre formas de comunicação digital e híbridas (digitais e analógicas), e que não são apreendidas pelas velhas segmentações de relações públicas, como as dos stakeholders, conceito definido por R.Edward Freeman, no século passado”
Fonte:  NASSAR, Paulo. Liberdade para o Net-Jornalismo, Terra Magazine, 11 dez 2010. Disponível em: http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI4837848-EI6786,00-Liberdade+para+o+NetJornalismo.html

NEWSLETTER DIGITAL - Boletim informativo destinado aos diferentes públicos da organização (interno ou externo), com periodicidade regular, veiculado em ambientes digitais, cujo conteúdo tenha temática definida e constante.

PODCASTINGS - Objetiva a comunicação através de arquivos de áudio transmitidos via internet, possibilitando a divulgação de diversos temas através de um agregador de informação.

PORTAL CORPORATIVO - Plataforma unificada de entrada, filtragem e relacionamento que objetiva a existência, em ambiente digital, de sistemas comunicacionais voltados para o relacionamento, disseminação de mensagens e realização de transações com todos os públicos estratégicos da organização (interno, externo, comunidade etc), com oferta de conteúdos específicos e personalizados para cada público. Este conjunto deverá estar organizado de forma coerente e clara, para que cada público-alvo possa identificar os canais e a proposta estratégica de relacionamento com este ambiente digital.

PUBLICAÇÃO ESPECIAL - Publicação sem periodicidade definida, dirigida a um ou mais públicos, abordando tema social, cultural ou comemorativo.

RESPONSABILIDADE HISTÓRICA - "É o conjunto das responsabilidades corporativas - a comercial, ambiental, social e cultural - examinado ao longo da história da organização, de seu presente e de sua visão"³

REVISTA INSTITUCIONAL - Publicação com conteúdo predominantemente interpretativo e de interesse permanente, diversidade temática, dirigida a um ou mais elementos componentes do Público Externo (clientes, consumidores, fornecedores, comunidade, distribuidores, revendedores, imprensa, governo, universidades, associações de classes, entre outros) e/ou Público Interno (empregados e familiares e empregados de empresas terceirizadas que prestem serviços em caráter permanente).

SALAS DE IMPRENSA VIRTUAIS - Voltadas ao relacionamento específico da organização com os meios de comunicação, visando a agilização do relacionamento e a antecipação de conteúdos.

SISTEMA DE CONHECIMENTO (KNOWLEDGE MANAGEMENT) E TREINAMENTO DE PESSOA - Voltado para a agregação de competências e troca de experiências, e gestão dos ativos intelectuais e da memória implícita da organização.

SISTEMAS DE MENSAGENS E CONTEÚDOS PARA RECEPTORES SEM FIO (SMS E MMS) - Criado para estabelecer relacionamentos de fidelização contínua por meio da comunicação em aparelhos celulares; intercâmbio de informações operacionais entre as partes; promoção de ofertas; disparo de lembretes para públicos específicos etc.

SISTEMAS DE MENSAGENS ONLINE (Messenger) - Para compartilhamento de informações em tempo real; agilização do processo decisório; reuniões (texto, voz e imagem) online, etc.

SMS (short message service) - Refere-se ao sistema de distribuição de mensagens de texto por meio de redes de comunicação sem fio.

URL (uniform resource locators) - Refere-se ao endereço de localização das páginas no ambiente da rede mundial de computadores. Um endereço típico geralmente tem a seguinte composição: http://www.nomedapágina.tipodaorganização.código do país = http://www.aberje.com.br.

VÍDEO INSTITUCIONAL - Tem por finalidade a divulgação institucional da empresa, de seus produtos, serviços e realizações nas comunidades, propiciar integração, gerar incentivo e motivação; criar envolvimento e comprometimento para com os objetivos e metas da empresa; colaborar para a implantação de estratégias de negócio, contribuir para a melhoria do clima organizacional; colaborar para o desenvolvimento técnico profissional e divulgar as boas realizações ou equipes de trabalho. Pode ser dirigido ao público externo - (clientes, consumidores, fornecedores, comunidade, distribuidores, revendedores, imprensa, governo, universidades, associações de classe, entre outros); e/ ou Público Interno (empregados e familiares e empregados de empresas terceirizadas que prestem serviços em caráter permanente).


¹ NASSAR, Paulo. Conceitos e Processos de Comunicação Organizacional. In: KUNSCH, Margarida M. K. Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. São Paulo: Difusão Editora, 2008, p.73.

² NASSAR, Paulo. Relações Públicas: na construção da responsabilidade histórica e no resgate da memória institucional das organizações. São Paulo: Difusão Editora, 2007.

³ NASSAR, Paulo. Relações Públicas: na construção da responsabilidade histórica e no resgate da memória institucional das organizações. São Paulo: Difusão Editora, 2007.


Sobre a Aberje   |   Cursos   |   Eventos   |   Comitês   |   Prêmio   |   Associados |   Diretoria   |    Canal de Associados   |    Fale conosco   |   Siga-nos no Twitter   |    Cadastre-se

Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial ©1967 Todos os direitos reservados.
Aberje Angélica | Av. Angélica, 1757 - 12º andar - Higienópolis - São Paulo/SP
Aberje Sumaré | Rua Amália de Noronha, 151 - 6º andar - Próximo à Estação Sumaré do Metrô - São Paulo/SP