Em meio século de história, a Aberje se consolidou como referência em comunicação corporativa e organizacional no Brasil. Mais do que reunir as lideranças da comunicação empresarial e lutar pelo fortalecimento da atividade, a Aberje tornou-se também um importante polo de treinamento e desenvolvimento profissional. Atualmente, a associação possui uma das maiores ofertas do mundo em cursos de comunicação, que atendem desde profissionais em formação até altos executivos, e conta com parcerias de prestigiadas instituições internacionais, como a Syracuse University, dos Estados Unidos.

A partir de agora, a área educacional da Aberje ganha independência e passa a se chamar Escola Aberje de Comunicação, uma instituição totalmente nova, mas que já nasce com grande tradição e milhares de alunos formados. “O lançamento da Escola Aberje de Comunicação é a institucionalização do marco fundador do campo da Comunicação em organizações no Brasil. A história da Aberje é a história da formação e afirmação de inúmeros comunicadores que atuaram ou atuam nas empresas e instituições brasileiras nesses últimos 50 anos”, explica Paulo Nassar, diretor-presidente da Aberje e professor titular da Escola de Comunicações e Artes da USP, que está à frente do projeto. “Podemos afirmar que a Comunicação Empresarial brasileira tem um DNA Aberje”, explica Nassar.

A Escola Aberje de Comunicação também renova a oferta de bolsas da entidade, que já são oferecidas há alguns anos. A política de distribuição de bolsas visa cumprir o papel social da organização de estimular a comunicação de instituições não governamentais, entidades e pessoas que, por diversos motivos, não tenham acesso aos programas. Além disso, a Escola oferece bolsas para pesquisas nacionais e internacionais, em seu Programa de Fellowship. “O objetivo da Escola Aberje de Comunicação com sua política de bolsas é democratizar a educação e contribuir para a formação de comunicadores cada vez mais qualificados”, revela Emiliana Pomarico, gerente executiva da Escola Aberje de Comunicação.

Importante destacar que os cursos promovidos pela Escola Aberje de Comunicação não são exclusivos para profissionais da área de comunicação — muito pelo contrário. Em um momento em que a comunicação passa a ser encarada cada vez mais como cultura empresarial, uma bandeira da Aberje, os cursos oferecidos pela Escola tornam-se ainda mais importantes para profissionais de outros setores, como RH, marketing e até finanças. “Hoje, boa parte dos comunicadores que estão em posições executivas ou gerenciais nas mais importantes empresas do país passaram pelos nossos programas de formação e reciclagem”, afirma Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje.

A nova Escola Aberje de Comunicação tem como missão dar continuidade à história de sucesso construída pela área de formação e carreira da Associação nas últimas décadas. Somente nos últimos 20 anos, foram mais de 500 cursos livres, 17 turmas formadas do MBA Aberje/Eseg em Gestão da Comunicação Empresarial, 10 etapas do Curso Internacional de Comunicação Empresarial Aberje/Syracuse University, além de centenas de cursos in-company e dos mais recentes programas avançados em Gestão da Comunicação Digital e Comunicação Interna. No total, são cerca de 50 cursos ofertados anualmente.

Conheça o site: www.escolaaberje.com.br