×

Aberje e APCE assinam acordo de cooperação para comunicação corporativa

Redação Portal Aberje

Sandro Rego

Aberje e APCE firmam acordo durante o Aberje Trends 2019 – Tendências em Comunicação (Foto: João José Carniel)

A nossa pátria é a língua portuguesa. A frase inspirada no Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa, nunca fez tanto sentido como nos dias de hoje: somos aproximadamente 280 milhões de lusófonos no mundo. O português é o idioma oficial de nove países, o quinto mais falado no mundo e um dos principais instrumentos de comunicação, elemento essencial de aproximação de pessoas, povos e culturas, mas também de associações, empresas e interesses comerciais.

O idioma nos une. E, a partir de agora, os comunicadores de Portugal e do Brasil também estarão mais próximos com a assinatura de um novo Acordo de Cooperação entre a APCE (Associação Portuguesa de Comunicação de Empresa) e a Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial). Esta seção da BRpr – newsletter internacional da Aberje –, “Also in Portuguese”, é fruto dessa iniciativa, com o objetivo de destacar o que de mais relevante está sendo feito no mercado de comunicação em Portugal. O conteúdo também será partilhado na Webletter APCE.

Ao assinar o acordo, APCE e Aberje criam condições para que se tire o melhor proveito possível das convergências entre as duas maiores associações de comunicação empresarial dos países de língua portuguesa. Com o documento, as companhias associadas à Aberje também farão parte da rede de integrantes da APCE, e vice-versa. O acordo prevê ainda o fortalecimento das associações e das empresas associadas no Brasil e em Portugal, mas deve avançar e chegar ainda aos profissionais e empresas de Moçambique, Angola, São Tomé, Guiné-Bissau, Timor-Leste e Cabo Verde.

“A APCE e a Aberje são as duas organizações profissionais de referência em matéria de Comunicação Institucional e Relações Públicas nos respectivos países e, agora, com a formalização do acordo, vamos intensificar nosso trabalho em conjunto pelo progresso da comunicação empresarial”, comemora Eduardo Guedes de Oliveira, presidente da APCE.

Para Paulo Nassar, presidente da Aberje, o acordo vai estimular a promoção de contatos e a partilha de aprendizagens entre os associados. “Vamos promover encontros e visitas de associados de uma a empresas associadas da outra, estimulando a cooperação entre as empresas de ambos os países, a partilha de conhecimentos e a promoção do networking”, celebra.

No melhor espírito de partilha e de construção de soluções, o acordo prevê ainda a colaboração das duas entidades para o desenvolvimento dos profissionais da área e a promoção, proativamente, das boas práticas e alinhamento positivo em prol de interesses comuns às associações e seus associados.

As associações se comprometem também a estimular a participação de associados e executivos reconhecidos nos seus países em eventos da outra, bem como a apresentação de estudos e cases de sucesso. A cooperação entre APCE e Aberje será rica e intensa, integrada e sustentável.

O acordo de cooperação também prevê intercâmbio entre a Academia APCE e a Escola Aberje de Comunicação. A formação de profissionais poderá contar com instrutores de ambas entidades que também poderão desenvolver, em conjunto, programas educacionais comuns aos dois países. Os associados também estarão sujeitos aos mesmos critérios para análise e aprovação de bolsas de estudo nos programas desenvolvidos pelas associações.

Se no passado as histórias de Brasil e Portugal foram conectadas pelo Atlântico, o palco das travessias, agora, a união entre APCE e Aberje reforça a ligação dos dois países no oceano de oportunidades em nossa área de atuação. Esse acordo de cooperação valoriza os profissionais e proporciona aos associados das duas entidades uma navegação promissora pelas águas da comunicação em língua portuguesa. Comunicar é preciso.

Sandro Rego é consultor de comunicação. Foi general manager da agência FleishmanHillard e executivo de comunicação no Banco Safra, Grupo Boticário, Bunge e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Foi “Comunicador do Ano” no Prêmio Aberje 2014.