Aconteceu no dia 25 de maio, na sede da Aberje, a 17ª Edição do Mix Aberje de Comunicação Interna e Integrada. O evento contou com palestras, atividades de integração e cases dos vencedores do Prêmio Aberje 2016 das categorias comunicação interna e comunicação integrada. A abertura ficou por conta de Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje, e Thierry Pignataro, diretor de Negócios da Ação Integrada realizou a mediação durante todo o dia.

Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje

Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje

Cyber security: uma questão de comunicação
A palestra de abertura foi ministrada por George Little, ex-porta-voz do Pentágono e da CIA e atualmente sócio da Brunswick em Washington. Especialista em cyber security, George apresentou alguns cases de ciberataques em empresas americanas. Esse tipo de risco é cada vez maior nas organizações do mundo todo. Isso porque o ambiente digital se torna mais complexo e muda constantemente.

“Dados são os recursos mais valiosos para os negócios no século 21. A habilidade de uma empresa em analisar dados pode oferecer insights, trazer novas oportunidades de negócio e aumentar significativamente a produtividade. Porém, essa dependência nos dados traz um enorme risco de vazamento”, afirma. Para o executivo, tanto a prevenção como o gerenciamento de uma crise passa pela atuação dos colaboradores da empresa. Por isso a comunicação é fundamental. No fim das contas, cyber segurança não é uma questão de TI (Tecnologia da Informação), mas principalmente da liderança e da área de comunicação. “Os empregados são a parte fundamental da equação. Ciberataques são uma ação humana e sua defesa também tem que ser humana”, afirma George.

George Little, ex-porta-voz do Pentágono e da CIA

George Little, ex-porta-voz do Pentágono e da CIA

Cases Premiados

Eduardo Corrêa, gerente de Comunicação Interna do Grupo Marista, apresentou o case vencedor do Prêmio Aberje “Por mais olho no olho”, na categoria “Comunicação e Relacionamento com o Público Interno”. A base da iniciativa foi a educação da liderança. A estratégia era que as lideranças do Grupo Marista se tornassem aliadas nos processos de comunicação interna, pois a melhor forma de transmitir as mensagens da companhia é por meio do diálogo direto entre gestor e liderados. O desafio foi fazer isso de forma que a liderança de fato internalizasse a importância estratégica da comunicação com seus subordinados, pois não haveria êxito se os gestores entendessem o diálogo apenas como uma obrigação.

Mariana Castelo, coordenadora de Comunicação Interna da In Press Porter Novelli e Tatiana Fritz, gerente do núcleo de Comunicação Interna, apresentaram o case sobre a comunicação com funcionários e voluntários dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Elas mostraram como funcionou o planejamento para os Jogos, desde o período de pré-games até o chamado “games time”, para um time de mais de 50 mil pessoas em todo o território nacional, e que impactou e experiência de 5,5 bilhões de espectadores. Os pilares da estratégia de comunicação foram: nos pré-jogos, informar e engajar; no período que antecedeu os Jogos, direcionar e reter; e no “games time”, descentralizar a comunicação.

A parte da tarde foi iniciada com o painel “A nova comunicação interna”. A primeira a ministrar sua palestra foi Alessandra Ber, gerente de Comunicação Corporativa do McDonald’s. Ela apresentou diferentes iniciativas de comunicação da marca, como ações voltadas ao público infantil e também ao trabalho de inclusão de pessoas com deficiência em seus restaurantes. Clarissa Daroit, head de Comunicação Interna e Diversidade e HR Business Partner para AGCO América do Sul, deu um panorama da área de comunicação na AGCO, pontuando também a crise financeira enfrentada: “Com a crise e a falta de dinheiro, tivemos a oportunidade de olhar para lugares que nunca tínhamos prestado atenção antes, e conseguimos reestruturar a área”.

Alessandra Ber, gerente de Comunicação Corporativa do McDonald's

Alessandra Ber, gerente de Comunicação Corporativa do McDonald’s

Comunicação Integrada

O quarto painel foi dedicado aos cases do Prêmio Aberje 2016 na categoria “Comunicação Integrada”. Luciana Froehlich, Superintendente de Marketing e Canais Digitais na SulAmérica, abriu a sessão mostrando os projetos realizados na comemoração dos 120 anos da SulAmérica. Renata Freitas, gerente de Comunicação Corporativa no Brasil da empresa global de alumínio Hydro apresentou o case vencedor nacional da categoria: “A Hydro, o a-ha, Para Sempre”. Para celebrar os 110 anos de atuação da empresa, a Hydro trouxe a banda norueguesa A-ha para as cidades de Barcarena e Paragominas, no Pará. Os ingressos foram trocados por materiais escolares, entregues para crianças de escolas locais. E para fechar o painel, Maria Julia Kurth, coordenadora de Estratégia e Novos Negócios do Itaú apresentou o Cubo Coworking Itaú, iniciativa do banco para promover o empreendedorismo no Brasil.

Na sequência, Fernanda Pires, gerente de Comunicação Corporativa na VLI e Renata Murari, Analista de Comunicação, abriram a penúltimo painel, cujo tema foi comunicação Interna Digital. Elas destacaram o uso do Linkedin nos processos seletivos da empresa, e também mostraram a necessidade de humanizar a comunicação. “Aposte no engajamento interno para impulsionar sua marca externamente”, comentaram. Outro case de sucesso apresentado no painel foi o “Minha azul”, aplicativo interno da Azul linhas Aéreas. Carolina Constantino, gerente Sênior de Comunicação, Cultura e Responsabilidade Social da marca foi a idealizadora do projeto, que junta notícias, serviço e rede social para os funcionários da empresa. “Hoje em dia, todo mundo usa o celular, ninguém mais vê murais de aviso”, comenta. “A gente deixa de colocar na comunicação da empresa coisas que estão no nosso dia a dia. Comunicação é, sobretudo, percepção de vida”.

Para finalizar o dia, Juliano AraujoEspecialista em Soluções de Colaboração e RH da IBM, ministrou o painel “tendências tecnológicas que suportam a comunicação interna”, comentando sobre os processos de comunicação dentro da IBM.

Juliano Araujo, especialista em Soluções de Colaboração e RH da IBM

Juliano Araujo, especialista em Soluções de Colaboração e RH da IBM